Motorista de acidente que resultou em seis mortes não tinha habilitação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/01/2012 17:03 / atualizado em 21/01/2012 17:15

Gustavo Moreno/CB/DA.Press
O motorista que dirigia o carro que se envolveu num acidente que resultou na morte de seis pessoas na madrugada deste sábado (21/01) na BR-070 não tinha carteira de habilitação. De acordo com a polícia e o Corpo de bombeiros, Expedito Cirqueira da Silva Junior, de 19 anos, pegou o carro do padrasto, um veículo Astra de placa JFG 0712, sem a autorização dele, por volta das 20h30 de ontem e seguiu com outros cinco jovens para uma festa no Recanto das Emas.

Ao voltar do evento, por volta das 4h, o motorista capotou o automóvel na altura da QNO 6, no Setor O, na Ceilândia. Além dele, as passageiras Francisca Rafaela, 18, Jéssica Souza, 18, Duane Couto, 17, Daniela Dantas, 16, e Ingridiane Carvalho, 16, morreram na hora. Eles foram lançados para fora do carro, a aproximadamente 50 metros do local da tragédia, e caíram num terreno com declive e água acumulada da chuva.

Ainda não se sabe o motivo da tragédia, mas uma roda do Astra se desprendeu e várias partes do carro ficaram espalhadas pela pista. Uma das hipóteses é de que o motorista tenha perdido o controle da direção.

Breno Fortes/CB/DA.Press
Lago Sul
Outro acidente ocorreu próximo à ponte JK na manhã deste sábado. Por volta das 7h, o táxi de placa JHJ 5942 bateu em uma Kombi (JJC 2076) e em uma Ecosport (placa OGY 4676, de Goiânia) e capotou na pista que liga a L4 Sul à ponte. O passageiro do táxi foi levado para o Hospital de Base, mas não está em estado grave, e o taxista teve ferimentos leves. Segundo testemunhas, o motorista do táxi teria perdido o controle do veículo