Dois bebês morrem à espera de leitos no Hran e terceiro aguarda vaga

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/05/2012 12:36 / atualizado em 09/05/2012 14:48

Ana Pompeu

Dois bebês morreram nessa terça-feira (8/4) e outro está em estado grave esperando um leito na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Nos três casos, as crianças nasceram prematuras. A unidade não tem Unidade de Terapia Intensiva (UIT) neonatal, mas unidades intermediárias. A direção do hospital garantiu que as crianças receberam assistência adequada, apesar do Hran não ser referência na área.

Segundo o diretor do Hran, Paulo Feitosa, o ideal é que esses bebês recebessem atendimento no Hospital Regional da Asa Sul (Hras). No local há estrutura adequada para atender e tratar essas crianças. Feitosa ainda negou que tenha havido falha no atendimento das crianças. Segundo a coordenadora de Neonatal do hospital, Martha Vieira, existe um limite de viabilidade de cerca de 26 semanas, ou seja, abaixo disso, a chance de sobrevivência das crianças é pequena.

Um dos bebês que veio a óbito ontem é filho de uma mulher de Planaltina (GO). Ela estava com apenas 27 semanas de gestação e a criança morreu por volta das 12h. A outra criança nasceu em Bonfinópolis e foi levado para o Hran. Neste segundo caso, a gravidez tinha apenas 24 semanas e a criança faleceu às 22h13.

A terceira criança que ainda espera um leito está um uma unidade intermediária do hospital. A mãe da criança é de Valparaíso e deu a luz com 30 semanas de gestação. Eles aguardam vaga em um leito de UTI neonatal para transferência. Além deste bebê, outros 15 recém-nascidos também esperam leitos em hospitais no DF.

Segundo o secretário adjunto de Saúde do Distrito Federal, Elias Miziara, o governo promete entregar à população 20 novos leitos neonatais. Dez deles estarão no Hras e os outros dez no Hospital Regional do Gama. As unidades só não foram liberados ainda, porque esperam a contratação de médicos neonatologistas e técnicos de enfermagem. Em todo o DF, existem 76 leitos nas UTIs pré natais.


O secretário adjunto de Saúde do Distrito Federal, Elias Miziara, diz que 20 novos leitos neonatais devem ser entregues
Tags: