Descontentes com o fim da greve, estudantes da UnB preparam ato de repúdio

Grupo de estudantes usa a internet para protestar contra a decisão de retorno às atividades e marcar encontro durante a entrada dos alunos, amanhã. Mais de mil universitários confirmaram presença

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/08/2012 07:49

Thaís Paranhos

Carlos Moura/CB/D.A Press


Após polêmica decisão a favor do fim da paralisação dos professores da Universidade de Brasília (UnB) na última sexta-feira, um movimento de estudantes iniciado nas redes sociais convoca aqueles que não concordaram com a deliberação a se reunirem amanhã, primeiro dia de aula após 89 dias. A concentração será na Entrada Sul do Instituto Central de Ciências (ICC), o Minhocão, a partir das 10h. O grupo pretende fazer um ato em repúdio à forma como acabou a greve. Além disso, para os universitários, ela terminou sem que as principais reivindicações, como reajuste significativo aos servidores e melhorias estruturais da instituição, fossem atendidas.

O movimento na internet, intitulado de A greve continua!, surgiu poucas horas após a decisão de retorno às atividades. A princípio, a Assembleia Extraordinária de Pauta Única havia sido convocada para a categoria discutir a possibilidade de adiamento das eleições para reitor, em 22 e 23 de agosto. Um grupo, no entanto, pediu para deliberar sobre a paralisação. A inclusão do assunto, então, foi votada e aprovada. O placar, apertado, foi de 130 a 115 a favor do fim do movimento. Com a decisão, membros do Comando Local de Greve (CLG) levantaram a hipótese de golpe durante a deliberação, o que provocou reações entre professores e alunos.

Tags: