publicidade

Mutirão realizado pela rede pública começa com cirurgias de catarata

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 01/09/2012 13:30 / atualizado em 01/09/2012 14:05

O mutirão de cirurgias realizado na rede pública de saúde do Distrito Federal começou neste sábado (1°/9). Dos 16.632 pacientes em fila de espera, 96 já foram atendidos durante a manhã, no Hospital de Base. Todos foram operados de catarata. Os procedimentos cirúrgicos serão em oito especialidades e acontecerão até junho de 2013.

Na próxima segunda-feira (3/9), iniciam-se as cirurgias gerais, como problemas na vesícula biliar ou hérnia de disco. Dentro desta especialidade, há 7920 pessoas que aguardam sua vez para a operação.

Leia mais notícias em Cidades

De acordo com a Secretaria de Saúde, os atendimentos serão aos sábados e nos dias úteis durante a noite. O objetivo é diminuir o número de pacientes que aguardam cirurgia há muito tempo. A expectativa é zerar a lista de espera em todas as especialidades.

Serão realizadas cirurgias nas especialidades de oftalmologia, urologia, ginecologia, ortopedia, otorrinolaringologia, cirurgia geral e vascular, além de trauma de face (bucomaxilofacial). O Distrito Federal calcula um investimento de R$ 34 milhões com os procedimentos. Deste total, R$ 7.6 milhões serão repassados pelo Ministério da Saúde.

Quantidade de procedimentos:


Odontologia - 164
Urologia - 408
Vascular - 2 mil
Otorrinolaringologia - 760
Geral - 7.920
Ortopedia - 2.180
Ginecologia - 1,2 mil
Oftalmologia - 2 mil

Com informações de Amandda Souza

publicidade

Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade