publicidade

DF começa a vacinar cães e gatos contra raiva

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 15/09/2012 10:22

O Distrito Federal (DF) inicia neste sábado (15) a campanha de vacinação contra a raiva. De acordo com a Secretaria de Saúde, devem ser imunizados cães e gatos com mais de 3 meses de vida e que não foram vacinados na campanha promovida em maio.

Apenas os animais que tomaram as duas doses da vacina no primeiro semestre deste ano estão dispensados da campanha de setembro. Cães e gatos que não voltaram para tomar o reforço, aplicado 30 dias após a primeira dose, devem ser vacinados novamente.

Ao todo, 154 postos de vacinação vão funcionar nas seguintes localidades: Águas Claras, Brasília, Brazlândia, Candangolândia, Cruzeiro, Estrutural, Guará 1 e 2, Itapoã, Jardim Botânico, Lago Norte, Lago Sul, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Park Way, Planaltina, São Sebastião, Sobradinho 1 e 2, Sudoeste, Varjão e Vicente Pires. A lista por bairros está disponível no endereço www.saude.df.gov.br.

Nas demais cidades do DF (Ceilândia, Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo 1 e 2I, Samambaia, Santa Maria e Taguatinga), a vacinação em cães e gatos será feita no próximo sábado (22).

A orientação é que os cães sejam levados aos postos de vacinação mais próximos de casa, por pessoas adultas e na coleira. Já os gatos devem ser transportados até o posto, preferencialmente, em caixas apropriadas para viagens. Cadelas ou gatas prenhes também devem ser imunizadas contra a raiva.

Animais que ainda não completaram 3 meses de vida poderão ser vacinados posteriormente, de segunda a sexta-feira, na Diretoria de Vigilância (Setor de Áreas Isoladas Norte - Estrada Contorno do Bosque, Lote 4) ou nas inspetorias de Saúde das seguintes cidades: Ceilândia, Guará, Sobradinho, Brazlândia, Planaltina, Núcleo Bandeirante e Taguatinga.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o único caso de raiva humana no DF foi registrado em 1978. Entretanto, casos da doença em morcegos, bois e cavalos em áreas rurais e urbanas mantêm o risco de ocorrência em pessoas.

Confira abaixo sinais de alerta em animais e que podem indicar infecção pela raiva:

- Cães e gatos: mudam de comportamento, ficam agressivos, não se alimentam e não bebem água, ficam babando.
- Bois: ficam com a boca entreaberta, parecendo engasgados, têm paralisia.
- Cavalos: mudam de comportamento, podendo ficar agressivos, têm paralisia, inicialmente das patas traseiras.
- Morcegos: mudam de comportamento, aparecendo em local e hora não habituais.

publicidade

Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade