cidades df
  • (16) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Idosa que teve atendimento negado por médico do HRT continua inconsciente

Publicação: 21/09/2012 13:49 Atualização: 21/09/2012 14:09

A mulher de 96 anos que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e teve o atendimento negado por um médico do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) passou por exames e apresenta quadro de saúde estável. Porém, permanece inconsciente. As informações foram confirmadas pela Secretaria de Saúde na tarde desta sexta-feira (21/9).

Na quinta-feira (20) pela manhã, a mulher foi transportada pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu) ao HRT após sofrer um AVC. No local, um médico da unidade de saúde se recusou a atendê-la, alegando que o estado era grave e que ela deveria ser transportada para o Hospital de Base.

O Samu acionou a polícia e o funcionário foi detido e encaminhado à 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga), por omissão de socorro. Na delegacia, ele assinou um termo circunstanciado e foi liberado. A idosa acabou sendo atendida por outro médico do hospital.

Leia mais notícias em Cidades - DF

A Secretaria de Saúde informou que caso se constate que houve infração, será instaurado um processo disciplinar para punir o médico.
Tags: celular

Esta matéria tem: (16) comentários

Autor: João da SIlva
É como se o SAMU levasse uma paciente gestante em trabalho de parto num ortopedista, sendo que sabia que existe um serviço de ginecologia pronto para o atendimento a este tipo de caso. Erro grave do SAMU. E o Dr Juliano, excelente profissional, está sendo punido por isso. | Denuncie |

Autor: João da SIlva
A paciente não teve o atendimento negado. O médico disse que a paciente deveria ser atendida no hospital de base, pois estaria perdendo tempo no HRT. O SAMU errou e fez a paciente perder tempo ao ir ao HRT por não entrar em contato prévio (é função do SAMU). | Denuncie |

Autor: João da SIlva
Os primeiros socorros são feitos pelo SAMU, não pelo médico no Hospital. Um médico que estava atendendo outro paciente grave (e este último ficou sem médico). | Denuncie |

Autor: João da SIlva
O SAMU que deve prestar o primeiro atendimento. Ou seja, o paciente já havia sido atendido. SAMU significa Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. O certo era o contato com um local onde fosse possível fazer um diagnóstico preciso, onde houvesse tomografia, no caso, o Hospital de Base. | Denuncie |

Autor: João da SIlva
Deixaram o hospital com menos 1 médico, prejudicando outras centenas de paciente, por irresponsabilidade de uma técnica de enfermagem. Todas as enfermeiras do HRT estão revoltadas com o acontecido, por terem prejudicado um profissional qualificado. Perderam um tempo absurdo com essa paciente no HRT. | Denuncie |

Autor: João da SIlva
É obrigação do SAMU entrar em contato com o serviço médico que irá receber. Pra que tem que passar no HRT apenas pro médico dizer que está grave e tem que ir pro Base, como acabou indo, conforme disse o Dr Juliano, que por sinal, é excelente médico e muito trabalhador. | Denuncie |

Autor: Rosimeire Silva
Realmente o médico deve realizar sempre o primeiro atendimento, até mesmo para saber se o paciente tem condições de ser removido naquele momento, caso não, deverá esperar que seu quadro estabilize para depois solicitar uma remoção para o hospital especializado. Omitiu socorro sim, tem que pagar. | Denuncie |

Autor: Israel Alcantara
O médico não agiu corretamente Sr. Clarice..Se o hospital não tem estrutura, ele deveria pelo menos ter demonstrado preocupação em dar os primeiros socorros. | Denuncie |

Autor: Rita Lima
Bom, se o caso dela é neurocirúrgico, somente o HBDF tem condições de atendê-la ( na rede pública). Infraestrutura, pessoal treinado, etc. Médico sempre é culpado: qdo não atende, é omissão de socorro. Quando atende fora da especialidade, é imperícia médica. Difícil... | Denuncie |

Autor: legiane oliveira
não concordo com o comentario da senhora feito aqui, o medico tem a obrigação e o dever de atender quem quer que seja, os primeiros socorros são esscenciais para salava uma vida, e apos este socorro a sim e que enacminha para outros hospital de melhores condições!! af! viu cada comentario!!HUMANIDADE | Denuncie |

Autor: Luiz Campos
O procedimento correto seria o médico examina-la e constatada a gravidade, fazer o relatório laudatário e encaminhá-la a outra unidade hospitalar | Denuncie |

Autor: Rogerio
Senhora Clarice, não sei se a Sra Viu o vídeo desse profissional se recusando ao atendimento, ele simplesmente praticou omissão de socorro. Foi um verdadeiro absurdo...precisa ser punido! Sacanagem é da parte dele! | Denuncie |

Autor: legiane oliveira
não concordo com cometario de uma senhora, o medico tem a obrigação e dever de atente q | Denuncie |

Autor: Candango Candango
Clarice, o HRT tanto tinha condições de atende-la, que acabou atendendo... Parece-me que o SAMU, diante da gravidade, só estava querendo que o HRT estabilizasse os sinais vitais e que depois fizesse a tranferência. Se fosse assim, o SAMU informaria para familia levar direto para o HBB, sem usar o SAM | Denuncie |

Autor: filomena rocha
Uns minutos a mais antes do atendimento nao e' a causa do estado clinical dela, the AVC is, tambem a idade dela piora a situacao. | Denuncie |

Autor: Clarice Silva
Se o caso era grave e o HRT não tinha condições de atendê-la, então o médico agiu corretamente. Agora se esta senhora de 96 anos em estado grave com AVC vier a falecer irão culpar exclusivamente o médico. Sacanagem! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE


  • Últimas notícias
  • Mais acessadas