publicidade

Feirante descobre que teria ganhado Mega da Virada; só faltou jogar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 02/01/2013 14:37 / atualizado em 03/01/2013 14:24

Ed Alves/ Cb Online/ DA Press


Imaginar o que fazer com os prêmios da Mega da Virada é exercício comum entre apostadores. Imagine agora preparar 86 cartelas do sorteio, não apostar e depois perceber que os números escolhidos foram os sorteados. Foi esse o infortúnio do feirante de Brasília Francisco Rodrigues. Nesta quarta-feira (2/1), ele passou mal e desmaiou, ao ver o jogo que deixou de confirmar na lotérica. Quando viu marcadas as dezenas 33, 14, 52, 36, 32 e 41, ficou desacordado por cerca de meia hora e levado para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran).

Junto a cinco funcionários das bancas da feira, no Ceasa, Rodrigues tinha planos de jogar na Mega Sena, que sorteou quase R$ 245 milhões no último 31/12. Segundo a proprietária da banca em que Rodrigues trabalha, Celsi Terezinha Baker, o feirante ficou até as duas horas da madrugada marcando as 86 cartelas para jogar na manhã do dia em que ocorreu o sorteio.

 

Três dos colegas que se comprometeram a entrar no bolão não pagaram e Rodrigues desistiu de realizar o jogo. O alto custo das apostas foi desestimulante. "Eu até cheguei a oferecer para pagar o jogo junto com ele, mas ele disse que ainda seria muito caro", conta Celsi. Cada um dos feirantes teria ganhado R$ 10 milhões - cada bilhete premiado renderia, no caso de quatro ganhadores, cerca de R$ 61 milhões. Cada um dos três sortudos oficiais vai levar R$ 81,5 milhões.

Leia mais  notícias de Cidades

De acordo com a feirante, Francisco chegou para trabalhar hoje, já intuindo que tinha acertado os números e depois de conferir a cartela com as marcações, desmaiou. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), chegou ao local e Os agentes reanimaram o feirante. A Secretaria de Saúde informou que Francisco está em estado estável e realiza uma bateria de exames.

 

Confira a reportagem da TV Brasília

 

 

publicidade

Tags:

publicidade