cidades df
  • (4) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rede elétrica de avenida de São Sebastião terá que ser reconstruída Batida com caminhão desgovernado destruiu 14 postes na avenida principal da cidade e deixou pelo menos 6.183 unidades consumidores sem abastecimento

Publicação: 26/03/2014 16:52 Atualização: 26/03/2014 20:36

Acidente com um caminhão desgovernado provocou a morte de quatro pessoas  (Breno Fortes/ CB/ D.A Press)
Acidente com um caminhão desgovernado provocou a morte de quatro pessoas


A Companhia Energética de Brasília (CEB) terá que reconstruir a rede elétrica das quadras 204, 205, 206, 305 e 306 em São Sebastião após um grave acidente com caminhão em que quatro pessoas morreram. 14 postes caíram, fazendo com que 6.183 unidades consumidoras ficassem sem energia na cidade, nesta quarta-feira (26/3).

A CEB informou que a perícia liberou o local por volta das 15h e as equipes de manutenção disponíveis foram enviadas para a reconstrução. Não há previsão para voltar energia na região administrativa.

Leia mais notícias em Cidades

Entenda o caso



Um caminhão de distribuição de bebidas da Ambev que estava desgovernado provocou a morte de quatro pessoas na avenida principal de São Sebastião. De acordo com o Corpo de Bombeiros, após perder o controle da direção, o veículo derrubou postes, bateu em uma van e atropelou dois pedestres, que não resistiram aos ferimentos. As outras duas vítimas fatais eram passageiras José Acioli Sobrinho, de 57 anos e Nivaldo Crethon dos Santos, 55. Os corpos ficaram presos às ferragens.

De acordo com o Hospital de Base, o motorista do caminhão está na sala vermelha em estado estável. Ele apresentou ferimentos na mão e no cotovelo esquerdo e quebrou as pernas. Ele deve permanecer no hospital para observações. O condutor da van, o motorista do ônibus e o cobrador receberam alta nesta tarde.

O administrador de São Sebastião, Jucelio Moreno, disse que já havia a preocupação com a avenida desde outubro do ano passado, onde ocorreu um outro acidente. O local é perigoso e, segundo Moreno, há placas de sinalização na via e que alguns trechos tiveram a velociade reduzida pare evitar mais problemas. Há uma licitação em adamento sobre duplicação da via.

Esta matéria tem: (4) comentários

Autor: José Cláudio Oliveira
Será que estes caminhões passam por um revisão mais séria? O que vemos é veículos em péssimo estado de conservação circulando normalmente pela cidade. Ninguém tem qualquer preocupação com a segurança. O negócio é colocar o veículo para circular, não importa o seu estado de conservação. | Denuncie |

Autor: Amilton Pinho
Já passou da hora do Detran e DER fazerem alguma coisa para diminuir o perigo que é este local. Estão esperando mais algum cidadão morrer? Desvio por cima do morro, logo após o Mangueiral, já.Estudem esta possibilidade,a questão é de urgência. | Denuncie |

Autor: SALOMÃO FEITOSA
Para caminhão desgovernado ou com problemas mecânicos, não há sinalização ou quebra molas que ajude, o ideal e chamar a engenharia de transito e reformular a entrada da cidade, de forma que ela não seja direta, e aja área de escape, caso o motorista venha a detectar algum problema mecânico. | Denuncie |

Autor: Renata U.
Não é a primeira vez, n será a última. Os parentes das vítimas deveriam processar o DER pelo descaso com o perigo dessa via. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

:: Publicidade


  • Últimas notícias
  • Mais acessadas