cidades df
  • (14) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mãe fica cara a cara com ex, suspeito de matar enteado de dois anos Professor de jiu-jitsu se entregou. Ele é o principal suspeito de espancar e abusar sexualmente da criança, que morreu no fim de semana

Mariana Laboissière

Fred Bottrel

Publicação: 01/04/2014 23:02 Atualização: 01/04/2014 23:20

Darryel, Gabrielle e Miguel: 'Não amenizei minha dor, mas comecei a fazer justiça à minha própria paz, ao meu próprio coração', desabafou a mãe, após o encontro na delegacia (Reprodução/ Facebook)
Darryel, Gabrielle e Miguel: "Não amenizei minha dor, mas comecei a fazer justiça à minha própria paz, ao meu próprio coração", desabafou a mãe, após o encontro na delegacia

"No momento oportuno você saberá." Foi assim que o lutador de jiu-jitsu Daryell Dickson Menezes Xavier, suspeito de espancar e abusar do enteado dele, de dois anos de idade, respondeu à mãe da criança sobre o motivo da agressão que teria causado a morte do menino. Segundo a delegada que apura o caso, Tânia Dias Soares, Daryell e Gabrielle Estrêla ficaram cara a cara na 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires), depois que o suspeito se entregou, na noite desta terça-feira (1º/4). Miguel Estrêla morreu no hospital, no último sábado (29/3), em decorrência de traumatismo craniano - enquanto a criança esteve internada, o padrasto permaneceu ao lado da mãe.

Daryell teria se recusado a responder aos questionamentos de Gabrielle - ele deve prestar depoimento nesta quarta-feira (2/4). Diante do silêncio do suspeito, os familiares de Miguel ficaram revoltados. Gritaram por justiça. Mas deixaram a unidade policial sem falar com a imprensa. Após o encontro, a mãe publicou novo desabafo no Facebook. "Agora nesse momento eu abro minha boca a todos! Não amenizei minha dor, mas comecei a fazer justiça à minha própria paz, ao meu próprio coração. Cara a cara com o assassino do meu neném! Eu o repudio!", escreveu.

Depoimentos contraditórios
O suspeito, que estava foragido, se apresentou à polícia. De acordo com a delegada-chefe da 38ª DP, Tânia Dias Soares, Xavier chegou ao local acompanhado por advogados e passará a noite na Delegacia de Polícia Especializada (DPE). De acordo com a delegada, o padrasto passou a ser considerado o principal suspeito do crime após prestar depoimentos contraditórios, levantando suspeitas dos investigadores.

Leia mais notícias em Cidades-DF

Ele teria sido a última pessoa a ter contato com a criança. Miguel foi levado ao hospital na quinta-feira (27/3) com convulsão e vários hematomas pelo corpo, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu dois dias depois. Segundo a mãe da criança, Gabrielle Estrela, o padrasto permaneceu durante todo o tempo de internação do menino ao lado de sua família.


"Entreguei a vida do meu filho para esse homem cuidar"
Gabrielle já havia recorrido à internet para desabafar, antes de o suspeito se apresentar para a polícia. "Eu entreguei minha vida e a do meu filho pra esse homem cuidar, eu acreditei no amor e na bondade dele, eu o apoiei, eu o amei, e aceitei seus defeitos sem saber que ele era algo muito pior, minha família inteira se encantou por ele, fomos acolhidos e acolhemos ele e seu filho", publicou.

Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) indicou que a criança sofreu um grande impacto - possivelmente uma agressão - e que não caiu da própria altura. Para a delegada, há indícios de que um golpe teria sido desferido. "Não foi um tombinho a toa que causou o traumatismo craniano. Como o padrasto estava sozinho com a criança, prestou depoimento contraditório e tem envolvimento com lutas marciais, tudo indica que ele pode ter feito alguma coisa", contou Tânia.

Abuso
Os indícios de estupro surgiram com o registro de fissura anal na criança. Não se sabe ainda, porém, se a fissura possui origem interna (problemas de intestino) ou externa (abuso sexual). O resultado do laudo técnico que revela a causa da fissura sairá em no mínimo 15 dias.

(Com informações de Kelly Almeida)

Esta matéria tem: (14) comentários

Autor: PEDRO FREITAS
enquanto as mulheres gostarem de vagabundos isto continuará a acontecer,pelo amor de deus acorda mulheres!!!tem tantos homens gente boa afin de namorar e voceis dando prioridade aos marginais!! que pena.MEUS PESAMES AOS FAMILIARES DO GAROTO.MAIS ISTO NAO TIRA A CULPA QUE A MAE TEVE NO EPIZODIO. | Denuncie |

Autor: filandia braga
Estou lendo a noticia e as lágrimas caindo... Meu Deus!! Que monstruosidade!! Onde vamos parar? O ser humano precisa urgente de repensar os conceitos de humanidade, de felicidade, os valores que norteiam nossas vidas, do contrário a raça humana se auto destruirá. Estamos numa 3ª guerra! | Denuncie |

Autor: José Júnior
O que é que tem a ver o "envolvimento dele com lutas"? | Denuncie |

Autor: aparecida gomes
Estamos vivendo momento de muita violência, temos que redobrar nossa atenção principalmente quando envolve desconhecidos, não podemos morar com pessoas que mal conhecemos, precisamos namorar muito até decidirmos juntar os trapos, queira ou não queira temos que dar tempo, vamos agir com prudência. | Denuncie |

Autor: Lucia Teixeira
Já que ela ficou cara a cara com esse monstro por que não levou um ácido pra atirar na cara dele? A punição que recebesse seria pouca em relação ao que ele fez. | Denuncie |

Autor: aparecida gomes
Gente, temos que conhecer melhor uns aos outros antes de morarmos juntos, estamos queimando etapas, o namoro é um período indispensável, paga se um preço muito alto em antecipar a fase do conhecimento, melhor só do que mal acompanhado, ficar só não é tão ruim assim, principalmente qdo tem filhos. | Denuncie |

Autor: valdeci sousa
Gabrielle, seu desabafo e comovente confesso que ate para escrever me sinto sem palavras para descrever seu sofrimento, o que me resta é rezar para você e pedir reze, converse com deus. meu abraço a você. | Denuncie |

Autor: valdeci sousa
Meu deus já estava chocado e agora ainda mais ao vê "a família que era composta de pessoas bonitas", que aparentam boas. Cara essa mae não merece o que você fez, uma criança indefesa não merece o que você fez. Não sei qual pena você merece. Que deus dê o consolo para essa mae. | Denuncie |

Autor: João carlos da silva
Isso que da olhar somente a aparência como qualidade, esse não sera o primeiro nem o último e nem o único caso desse tipo. | Denuncie |

Autor: Adriana Silva
Infelizmente, hoje em dia a lógica é difícil: mulher com filho tem que escolher se cria o filho sozinha e com maior segurança ou arruma um companheiro e joga com a sorte. Como ninguém carrega letreiro na testa escrito "sou psicopata", abdicar de uma relação amorosa acaba sendo a decisão mais segura. | Denuncie |

Autor: Bruno DF
E o pai do Miguel? | Denuncie |

Autor: Moacir Soares Júnior
A mãe também é responsável por colocar um psicopata dentro de casa e deixar seu filho aos seus cuidados!!! | Denuncie |

Autor: aparecida gomes
É muita covardia um homem forte maltratar uma criança tão indefesa, espero sinceramente que este monstro sofra muito na cadeia. | Denuncie |

Autor: Paulo Chagas
E ainda existem hipócritas contra a pena de morte ou, no mínimo, perpétua. Há criminosos que são irrecuperáveis -sociopatas, psicopatas, etc-porque já nasceram com este distúrbio incurável. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.


  • Últimas notícias
  • Mais acessadas