SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Espaço Cultural Renato Russo deve ser reaberto em 2017

Espaço estava fechado desde janeiro de 2014. Na época, local estava em condições precárias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/10/2016 20:58 / atualizado em 13/10/2016 21:05

Alessandra Modzeleski - Especial para o Correio

Carlos Moura/CB/D.A Press
 

Após mais de dois anos de portas fechadas, o Espaço Cultural Renato Russo, na 508 Sul, recebeu uma previsão de inauguração, para junho de 2017. A obra foi orçada em R$ 5,6 milhões e será paga com recursos da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap). O local é composto por teatro, sala multiuso, salas de ensaio, galpão de artes, biblioteca, mezanino para exposição, gibiteca, musiteca, galerias de arte, escritórios e estúdio de rádio.

 

Leia mais notícias de Cidades

 

Estão previstas reparação da estrutura predial, reforma das salas e do teatro, revisão de toda a instalação hidráulica e elétrica, instalação de elevador e criação de acessos que permitam a pessoas com deficiência chegar aos dois pavimentos do prédio, além da construção de um memorial em homenagem a Renato Russo. Os espaços, as salas e as galerias serão equipados com sistemas de luz, som e projeção.

Histórico
Fechado desde janeiro de 2014, o espaço ficou praticamente abandonado durante dois anos. Na época, o Correio teve acesso à área interna e foram verificadas rachaduras, fiações expostas, teias, portas danificadas e pichações.


O Espaço foi inaugurado em 1975. Em 1977, foi criado o Centro de Criatividade, onde ocorriam aulas, ensaios e oficinas artísticas. Depois de passar por revitalização arquitetônica, em 1986 — que possibilitou a passagem entre as avenidas W2 e W3 por dentro do local —, o espaço foi reinaugurado no formato atual em setembro de 1993 e rebatizado com o nome do músico que fez carreira em Brasília.

Outras reformas culturais
Além do Espaço Cultural Renato Russo, o Governo do Distrito  Federal está reformando o Centro de Dança do Distrito Federal (Setor Cultural Norte), que deve ser entregue à população em março de 2017.

De acordo com a Secretaria de Cultura, até meados de novembro, serão feitos a licitação para recuperar o Museu de Arte de Brasília (Setor de Hotéis e Turismo Norte) e o chamamento público para instalar o café do Cine Brasília (106/107 Sul).

Hoje, a secretaria faz a recuperação de elevadores e dos aparelhos de ar condicionado da Biblioteca Nacional de Brasília e do Museu Nacional (Eixo Monumental) e a realização de reparos no Memorial dos Povos Indígenas (Eixo Monumental). No primeiro semestre de 2017, terá início o processo de recuperação do Teatro Nacional Claudio Santoro.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade