SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Servidores do Detran paralisam por 24 horas para pressionar GDF

Quem tem pendências documentais urgentes ainda pode procurar os postos do Detran no Na Hora

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/10/2016 16:00 / atualizado em 18/10/2016 17:03

Servidores do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) paralisaram os serviços nesta nesta terça-feira (18/10) por 24 horas. Quem tem alguma pendência urgente ainda pode recorrer ao postos Na Hora. De acordo com o presidente do sindicato da categoria, Fábio Medeiros, essa decisão é para que o Executivo atenda às reivindicações feitas em 2015. Na quarta-feira (19/10) a categoria voltará ao trabalho.

Leia mais notícias em Cidades

Os servidores se reuniram em assembleia na manhã desta terça e marcaram a próxima com indicativo de greve para 8 de novembro. Ainda segundo o presidente do Sindetran-DF, a partir do 1º dia do mês, se as demandas não forem atendidas, os servidores entrarão em operação padrão. Irão limitar os atendimentos, cumprir a legislação de acordo com as condições de trabalho e fazer blitz somente se houver vagas para carros apreendidos no depósito do órgão.

A categoria reivindica a terceira parcela do reajuste, a regulamentação das carreiras, como a alteração de nomenclaturas dos cargos; regulamentação das jornadas de trabalho, conforme a lei 840; a passagem do concurso de nível técnico para superior e reajustes no auxílio-alimentação.

A reportagem do Correio entrou em contato com a assessoria de imprensa do Detran que não soube informar a posição do órgão a respeito da paralisação.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
ercilia
ercilia - 19 de Outubro às 09:11
Fui resolver um problema no detran, sendo que não consegui, e mais da metade dos funcionários nas baias ou estavam teclando no celular ou vendo youtube...é vergonhoso a gestão dos recursos humanos na esfera pública.
 
Robes
Robes - 18 de Outubro às 23:36
Esses aí não fazem falta. Poderiam ficar sem trabalhar até o fim da década. Só servem para atrapalhar a vida do cidadão de bem.
 
edson
edson - 18 de Outubro às 22:27
esses vagabundos sabem que o GDF nao tem dinheiro e querem paralisar. eles ja estão paralisados a muito tempo , não fazem nada

publicidade