SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Com cinco feridos e mil casas destelhadas, Samambaia tem cenário devastador

GDF monta força-tarefa para atender a população atingida pela chuva e vendaval da noite de quarta-feira (19). As ocorrências se concentraram nas Quadras 419, 511, 315, 115 e 425, onde uma igreja evangélica desabou

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/10/2016 10:10 / atualizado em 20/10/2016 11:42

Renato Alves

Ed Alves/CB/D.A Press
 

O Governo do Distrito Federal deslocou equipes de áreas diversas para Samambaia, em função dos estragos provocados pela chuva e o vendaval da noite de quarta-feira (19). Em um balanço prévio, a Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil registrou destelhamentos e quedas de estruturas, de postes e de árvores. Ao menos cinco pessoas ficaram feridas.

 

Leia mais notícias em Cidades

 

A maioria dos imóveis atingidos fica em Samambaia Sul, onde cerca de mil casas sofreram danos. Todos os moradores tiveram de abandonar suas residências, por causa de risco de desabamento. Até o momento, 6 mil residências continuam sem energia elétrica.

As ocorrências se concentraram nas Quadras 419, 511, 315, 115 e 425, onde uma igreja evangélica desabou. De acordo com o Corpo de Bombeiros, três pessoas que estavam dentro do prédio sofreram escoriações pequenas. Os bombeiros fizeram 22 atendimentos emergenciais, incluindo o das duas pessoas que se feriram levemente.

De acordo com a Companhia Energética de Brasília (CEB), 21.551 imóveis ficaram sem energia elétrica na noite de quarta e madrugada de quinta. Na QR 419, quadra mais afetada, o vento derrubou cinco postes. Também há registro de mais postes e cabos de alta tensão danificados em outros pontos de Samambaia.

Funcionários da CEB trabalharam ao longo da noite de quarta e da madrugada de quinta. A companhia remanejou 32 equipes para atendimentos emergenciais e para a reconstrução das redes danificadas.

 

 

Operação conjunta

A Defesa Civil montou uma tenda na QR 115, em frente à Creche Ipê Roxo, para atender os moradores. A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) enviou cinco equipes na manhã desta quinta-feira (20) para efetuar a poda de árvores e desobstruir as vias. A Secretaria de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos fará o levantamento das famílias que precisam de auxílio.

"Cenas impressionantes"

O governador do DF, Rodrigo Rollemberg, esteve nas áreas afetadas, na madrugada de quarta para quinta-feira. “É uma situação extremamente grave, e as cenas são impressionantes”, comentou ele, no local dos estragos. “Felizmente não temos notícias de vítimas graves”, ressaltou.

Após verificar os estragos, Rollemberg avaliou a atuação do governo como rápida e eficiente. “É importante alertar sobre a necessidade de as construções serem feitas de forma legal e adequada, para que tenham mais resistência em momentos como este”, acrescentou.

Com informações da Agência Brasília

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade