SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Funcionário do Itamaraty é encontrado morto em apartamento da Asa Sul

O assistente de chancelaria do Ministério das Relações Exteriores foi assassinado por um garoto de programa, detido na madrugada desta quinta-feira (20/10)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/10/2016 15:43 / atualizado em 20/10/2016 18:03

Reprodução Facebook
 
A polícia investiga o assassinato do assistente de chancelaria do Ministério das Relações Exteriores Josué Nóbrega Pereira, 31 anos. O corpo dele foi encontrado por familiares no apartamento onde morava, na 307 Sul. Apesar de o crime ter sido descoberto somente na madrugada desta quinta-feira (20/10), a polícia acredita que o assassinato foi cometido entre 23h de terça-feira (18/10) e as 2h de quarta-feira (19/10).
 
Um jovem de 18 anos foi preso e é apontado pela Polícia Civil como o autor do crime. Anderson Vieira Brito dirigia o carro da vítima, no Paranoá ao ser preso. Em depoimento, ele teria dito que é garoto de programa e receberia R$ 150. Mas os dois teriam se desentendido e ele aplicou um golpe chamado mata-leão em Josué.
 
O suspeito disse à polícia que Josué o abordou de carro, em um ponto de ônibus próximo ao Conjunto Nacional, por volta de 23h de terça. Eles teriam se digirido ao apartamento da vítima, se desentenderam
por volta das 2h, quando foi cometido o assassinato.
 
Após ser ouvido, Anderson foi liberado, porque os investigadores entenderam que não havia flagrante. Porém, já no final da tarde desta quinta-feira (20/10), o Tribunal do Júri de Brasília decretou a prisão preventiva de dele, por homicídio qualificado e furto de veículo.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
JOEL
JOEL - 20 de Outubro às 20:19
Esses rapazes que moram sozinhos, costumam se arriscar demais!
 
ednilson
ednilson - 20 de Outubro às 20:01
Esse Tribunal... quantos pesos, quantas medidas...

publicidade