SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Vítimas da ventania enfrentam filas para conseguir benefícios do GDF

Governo listou como prioridade a distribuição de cestas básicas e telhas para reconstrução de residências danificadas por ventania de quarta

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/10/2016 12:53

Antônio Cunha/CB/D.A Press
 
Moradores da Samambaia que tiveram as casas afetadas pela ventania da última quarta-feira (19) estão tendo dificuldade para conseguir o auxílio que prestado pelo Governo do Distrito Federal no Centro de Referencia Especializado de Assistência Social (Creas). Mais de 1000 residências foram danificadas pela força dos ventos. As vítimas do temporal que atingiu a região começaram a chegar ao local às 6h para tentar conseguir cestas básicas e o benefício vulnerabilidade, que consiste em uma bolsa no valor de R$ 408 por seis meses.

Leia mais notícias em Cidades

Porém, após uma longa espera, funcionários da Administração Regional de Samambaia informaram que apenas os que moram entre as quadras 115 e 315 receberão a ajuda nesta sexta-feira (21/10). O sentimento é de revolta por parte daqueles que não estão incluídos nesta primeira etapa de atendimento.

O GDF também está distribuindo telhas. A entrega acontece no Parque de Serviço, localizado na quadra 121. A retirada do material está sendo feita por ordem de chegada, mas moradores também precisam se cadastrar para receber o benefício. De acordo com a Defesa Civil, o governo disponibilizou 300 telhas e 60 colchões para os que procuraram o local. Para receber os demais auxílios, é necessário levar um comprovante de residência e documentos de identificação no Creas.

Apesar de atender apenas parte das vítimas do vendaval nesta sexta, o GDF informou que a distribuição de telhas e de cestas básicas são prioridade. O Governador Rodrigo Rollemberg se reuniu com parte do secretariado na região administrativa, na manhã desta sexta-feira, para definir os próximos passos do executivo. Mais de mil edificações tiveram avarias em decorrência da forte chuva. Além disso, a recuperação estrutural das 17 escolas danificadas na região começou a ser feita. "O objetivo é que voltem a funcionar no início da semana que vem", disse o governador Rodrigo Rollemberg.

"Ficaremos aqui enquanto a comunidade precisar e a vida voltar ao normal", afirmou o chefe do Executivo local. A reunião ocorreu na Creche Ipê Roxo, na Quadra 115. Após o encontro, o governador percorreu algumas quadras da região para acompanhar o trabalho de recuperação dos estragos provocados pela chuva. s pessoas que tiveram o telhado destruído estão sendo cadastradas pela área social do governo de Brasília. Materiais que estavam no estoque de órgãos do governo serão entregues a famílias que não têm condições financeiras de reconstruir suas casas.

A “Pedimos a compreensão de todos porque daremos prioridade a quem precisa. Também contamos com a colaboração da população que possa doar materiais para os moradores de Samambaia”, justificou-se Rollemberg. A força-tarefa conta com cerca de 500 servidores de diversos órgãos do DF e está sendo coordenada pela Secretaria das Cidades. A luz da região foi retomada desde o início da manhã de hoje.

O governo deu início aos trabalhos de recuperação das 17 escolas danificadas na região. “O objetivo é que voltem a funcionar no início da semana que vem”, disse Rollemberg.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.