SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

CEB deixa moradores do Lago Norte sem luz por mais de 21 horas

Por conta da chuva desta sexta-feira,houve queda da energia. Porém, segundo a CEB, não há equipe para atender a demanda. Por outro lado, começa a valer hoje o aumento de 4,61% na conta de energia.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

 

Moradores do Setor de Mansões do Lago Norte estão há 21h sem energia elétrica. A causa foi a forte chuva na tarde desta sexta-feira (21/10). O policial civil José Maria Duarte afirma que a quadra em que mora está sem energia desde às 18h de ontem. Vizinhos teriam ligado para a Companhia Energética de Brasília (CEB), mas foram informados de que não há equipe para realizar o atendimento.


Até às 16h desta sexta-feira (21/10), a energia não havia sido restabelecida. Segundo a CEB, a chamada mais antiga recebida na região foi às 4h40 e que a solicitação está na fila de atendimento. “Hoje estamos com muitas demandas e elas estão pulverizadas. Não tem previsão de atendimento”, informou a companhia. O morador José Maria afirma que os alimentos do congelador estão estragando por falta de eletricidade. “Está um transtorno. Já deu tempo de arrumar”, protestou.

 

Aumento na conta

 

O aumento de 4,61% na conta de luz começa a valer a partir de hoje. O reajuste foi aprovado, na tarde da última terça-feira (18), pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ao todo, 1,024 milhão de unidades do Distrito Federal terão as contas de energia elétrica reajustadas. Mais de 90% delas são de residências e comércios. A cobrança maior virá na fatura de novembro. Para a composição dela, a Companhia Energética de Brasília (CEB) mesclará os dias com e sem aumento. Por exemplo, se a medição ocorre no dia 25, o consumidor pagará três dias de acréscimo.

A Revisão Tarifária Periódica é feita de cinco em cinco anos, como prevê acordo assinado em dezembro do ano passado. De acordo com a CEB, o objetivo é “analisar o equilíbrio econômico-financeiro da concessão com base nos custos, investimentos e ganhos de produtividade da empresa”.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Bruno
Bruno - 23 de Outubro às 12:14
Absurdo ficar tantas horas sem luz e ainda aumentam a conta. Vocês viram o novo concorrente da Uber que chegou em Brasília? T81 empresa brasileira e sem tarifa dinâmica chegou para acabar com o monopólio e sem explorar os motoristas

publicidade