SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Distrito Federal registra quase 300 crimes em apenas um dia

Maior incidência foi de furto a pedestres

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/10/2016 11:17 / atualizado em 23/10/2016 16:10

Patrícia Rodrigues - Especial para o Correio

Quase 300 crimes foram registrados no Distrito Federal apenas na sexta-feira (21/10). O clima de insegurança é constante nos brasilienses desde que a Polícia Civil faz operação padrão há três meses. Somente furto a pedestres foram 155.

As incidências registradas foram roubo a pedestres, furto em residência, roubo em parada de ônibus, em coletivo, furto em veículos, roubo em comércio, estupro e latrocínio.

Entenda

Em setembro, o governo do Distrito Federal propôs reajuste salarial em cinco anos – 7% em 2017, 7,5% em 2018, 8,5% em 2019, 5% em 2020 e 4,5% em 2021, mas foi descartado pelos policiais. Na última assembleia, no dia 20, foram discutidas novas ações da operação PCDF Legal, em que investigações, intimações, protocolo de documentos e diligências ocorrem de forma mais restrita.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
oclecio
oclecio - 24 de Outubro às 08:45
E os nossos Parlamentares agradecem o seu VOTO, pela contribuição de colocá-los no Congresso Nacional. Jeito para resolver têm é só alterar a Legislação Brasileira e colocar o meliante para trabalhar e pagar sua estadia "sem remuneração alguma" como única forma de redução de pena, 3 por 1. Muda Brasil, País da Corrupção, da Violência e de Autoridades incompetentes.
 
João
João - 23 de Outubro às 23:59
Uai, não disseram que a polícia civil não faz falta? Cadê a polícia militar que resolve tudo sozinha? Com a palavra o governador Enrolemberg e a secretária da insegurança!
 
filomena
filomena - 23 de Outubro às 20:00
O governador nao tem pulso? corta o ponto dos vagabundos
 
Oswaldo
Oswaldo - 23 de Outubro às 12:06
Infelizmente temos um governo incompetente, com um péssimo administrador. Pois temos o Fundo Constitucional para bancar a segurança pública e o dinheiro está sendo desviado. E estamos com a PCDF trabalhando com menos 4000 policiais, e com a sua isonomia com a PF dependendo APENAS de um ofício de um governador sem palavra.

publicidade