SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

OAB mantém 12 candidatos na disputa por vaga de desembargador do TJDFT

Grupo será reduzido a seis e, depois, a três candidatos; nome do novo magistrado será escolhido pelo presidente Michel Temer

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/10/2016 06:00 / atualizado em 26/10/2016 21:42

Helena Mader

OAB-DF/Reprodução
 
 
Pela segunda vez em sua história, a Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF) realizou uma eleição para a escolha dos profissionais que disputarão uma vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT). No total, 29 advogados se inscreveram, e os 12 mais votados seguem na disputa (veja Os eleitos). Os três primeiros colocados da lista são: Carolina Lisboa, Zélio Maia e Eliene Bastos. Mas, nesta etapa, a ordem de colocação não interfere na seleção, pois esse grupo passará por um novo processo de triagem.

A próxima etapa da disputa ocorre em 17 de novembro, quando o Conselho Seccional da OAB-DF fará uma votação. Cada conselheiro poderá escolher seis nomes e, no fim, será formada uma lista sêxtupla com os candidatos mais bem votados. Essa seleção será encaminhada ao Judiciário, e o pleno, formado por todos os desembargadores do TJDFT, fará um novo pleito, do qual será formada uma lista tríplice. A seleção final segue para o presidente da República, Michel Temer, que fará a nomeação do novo desembargador ou desembargadora.
 

Confira o perfil dos 12 advogados escolhidos pela OAB para concorrer a uma vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do DF 

Carolina Lisboa 
(2.896 votos)

» É advogada há 21 anos. Atua como procuradora do município de Belo Horizonte nos tribunais superiores. Além da advocacia pública, mantém escritório nas áreas do direito eleitoral, administrativo e constitucional. Desde 1998, é professora universitária e dá aulas no UniCeub e no Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP). É especialista e mestre em ciências jurídicas internacionais pela Universidade de Lisboa e doutora em direito do estado pela Universidade 
de São Paulo (USP).


Zélio Maia 
(2.246 votos)

» Formou-se no UniCeub em 1990, quando montou escritório próprio, o Maia Advocacia. Atua nas áreas de direito administrativo e cível. Desde 1999, é procurador do Distrito Federal. Foi professor de direito civil e de direito constitucional no UniCeub, entre 1996 e 2002. Atua como professor de direito constitucional na pós-graduação do Instituto dos Magistrados do Distrito Federal.
 

Eliene Ferreira Bastos 
(2.063 votos)

» Advogada com atuação no DF desde 1994. Entre 2012 e 2014, atuou como desembargadora eleitoral substituta do Tribunal Regional Eleitoral do DF. Também trabalhou como juíza auxiliar das eleições de 2014. Eliene é pós-graduada em processo civil pelo Ibep/IBDP, mestre em direito civil comparado pela PUC/SP, diretora nacional do Instituto Brasileiro de Direito de Família e integrante do Conselho Deliberativo do Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem.

Asdrubal Júnior 
(2.046 votos) 

» Formado em direito pelo UniCeub, tem pós-graduação em direito público, mestrado em direito privado pela Universidade Federal de Pernambuco e, atualmente, cursa doutorado na UMSA, com elaboração de tese sobre arbitragem. É professor de direito há 21 anos e atuou em instituições como UniCeub, UDF e UniProjeção. Também deu aulas na Academia de Polícia Militar. Tem 20 anos de militância na advocacia privada.

André Puppin 
(1.950 votos)

» Advogado militante, com 22 anos de experiência na advocacia. Atua, principalmente, nas áreas de direito constitucional, civil, empresarial e direito administrativo. Além da atividade profissional de advocacia, trabalha na área acadêmica de várias instituições do DF. Tem pós-graduação em direito processual civil, mestrado em direito constitucional pela PUC-SP e doutorado em direito constitucional pela mesma instituição.

Roberto Freitas 
(1.805 votos)

» Advogado há 23 anos. É graduado em direito pela Universidade Católica de Santos. Desde 1993, tem escritório próprio com foco de atuação em direito civil, penal e trabalhista. É mestre e doutor em direito pela Universidade de São Paulo (USP) e tem pós-doutorado pela Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos. Atualmente, é responsável pela direção do Escritório do Núcleo de Prática Jurídica do UniCeub.

Eduardo Lowenhaupt Cunha 
(1.691 votos)

» Formado em direito pela AEUDF, em 1986. Concluiu especialização em direito tributário em 1987, pelo UniCeub. É advogado atuante no Distrito Federal desde 1986 e, atualmente, atua como associado do escritório Gontijo Neves Advogados. Entre 2014 e 2016, atuou como desembargador eleitoral substituto no Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal.

Marilane Lopes 
(1.652 votos)

» Formada em direito pela AEUDF em 1984, tem pós-graduação em direito processual civil pelo UniCeub. É doutoranda em direito civil na Universidade Federal de Buenos Aires, com previsão de conclusão em 2018. Desde 2008, atua no escritório de advocacia Marilane Lopes Ribeiro Advogados Associados. É da Associação dos Advogados do Brasil, da Associação dos Procuradores dos Correios e membro do Instituto de Direito de Família.

Sérgio Roberto Roncador 
(1.487 votos)

» Graduado em direito pelo UniCeub em 1993, é mestre em direito pela Universidade Católica de Brasília (UCB) e tem pós-graduações em direito público e direito tributário. Também é graduado em história pela Universidade de Brasília (UnB). É professor da Universidade Católica de Brasília desde 2009, onde ministra disciplinas como direito civil e teoria geral do direito privado.

Rossini Corrêa 
(1.452 votos)

» É formado pela Universidade Católica de Pernambuco, tem mestrado, doutorado e pós-doutorado em direito, além de mais de 20 doutoramentos honorários. É também bacharel, mestre e doutor em ciências sociais e em ciências da religião, doutor em filosofia e pós-doutor em teologia e em política internacional e comparada. É integrante de entidades como Instituto dos Advogados Brasileiros, Instituto Ibero-Americano de Direito Público e Instituto dos Advogados do Distrito Federal.

Paulo de Castro 
(1.359 votos)

» Tem mais de 34 anos de militância na advocacia no DF, principalmente na área cível. Em 1996, fundou a banca de advocacia Castro, Fernandes & Advogados Associados, onde atua até hoje. Foi secretário adjunto de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania do Distrito Federal entre 2007 e 2008 e conselheiro da OAB/DF entre 2010 e 2012. Também presidiu a Fundação de Assistência Judiciária da ordem.

Sérgio Palomares 
(1.308 votos)

» Formado em direito pela AEUDF, em 1995. Atualmente, é pós-graduando em MBA Executivo em economia e gestão/relações governamentais, pela Fundação Getulio Vargas (FGV) no Distrito Federal. Foi fundador e membro do conselho consultivo do Instituto Brasileiro de Política e Direito da Informática e integra como 
membro efetivo o Comitê Temático de Concorrência e Relações de Consumo do Centro de Estudos 
das Sociedades de Advogados, desde 2013. 
 
A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui  

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade