SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Brasília recebe rally de veículos antigos neste sábado

Proposta é exibir os carros pela cidade e, de certa forma, fazer um protesto contra o consumo desenfreado, que leva ao desperdício e ao descarte

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/10/2016 12:34 / atualizado em 30/10/2016 09:09

Flávia Duarte

 

Em meio a tantos monumentos históricos, um outro tipo de patrimônio pode ser admirado, neste sábado (29/10), na capital. Cerca de 23 carros, fabricados há pelos menos 30 anos, participam do Rally de Regularidade Brasília História de Veículos Antigos, organizado pela Veteran Car Brasília. A ideia é fazer circular, por 130 km da cidade, uma frota de preciosidades. Segundo o presidente da Veteran, Roberto Costa, o carro participante mais antigo é um chevrolet, ano 1965, e o mais novo da turma, um opala, ano 1986.

A proposta é, além da diversão, exibir os carros pela cidade e, de certa forma, fazer um protesto contra o consumo desenfreado, que leva ao desperdício e ao descarte. “Queremos mostrar que podemos ter um patrimônio e mantê-lo sempre em uso”, afirma Roberto.

Leia mais notícias em Cidades


A largada foi dada às 11 horas,no Museu da Memória Candanga, na Candangolândia. De lá, os competidores seguiriam pelo Pontão do Lago Sul, Esplanada, Asa Norte, Noroeste, W3, Setor de Oficinas Norte e Epia, até retornarem ao Veteran Car Brasília. O trajeto deverá ser cumprido ao longo de cinco horas, com direito a paradas para almoço e para abastecimento. Deverão ser respeitadas a velocidade das vias e todas as regras de trânsito, obviamente. Em cada carro, estão um motorista, um navegador e um outro personagem, apelidado “Zequinha”, que não pode interferir na prova: só torcer e apreciar a paisagem da cidade.

Essa é a 20ª edição de algum tipo de prova com os carros antigos. “Brasília é uma cidade propícia a esse esporte”, garante Roberto. Quem vencer o rally será premiado com troféus.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Wesley
Wesley - 29 de Outubro às 20:35
Fizesse carros com qualidade, não precisaríamos trocar de carro tão rápido.....

publicidade