SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Postos de justificativa no DF recebem mais de 20 mil eleitores

Segundo último balanço do TRE-DF, a Faculdade Anhanguera, em Águas Claras, havia sido o local mais procurado; não há registro de tumulto ou longas filas em nenhum dos pontos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/10/2016 16:04 / atualizado em 30/10/2016 16:05

Fernando Jordão - Especial para o Correio /

Breno Fortes/CB/D.A Press
 
 
Eleitores que moram ou estão no Distrito Federal, mas votam em outra cidade precisaram comparecer, neste domingo (30/11), a um dos 11 postos para justificar a ausência no segundo turno das eleições municipais de 2016. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE-DF), até as 12h, 20.637 pessoas haviam comparecido aos locais de justificativa.
 
 
O posto mais procurado durante a manhã foi o da Faculdade Anhanguera de Brasília, em Águas Claras: 3.625 eleitores compareceram ao local. Em segundo lugar, aparece o shopping Conjunto Nacional (3.084 eleitores), seguido pelo Pátio Brasil Shopping (2.393 eleitores). Até o momento, não há registro de tumulto ou longas filas em nenhum dos pontos.

Orientações

Quem está em Brasília e não conseguir se deslocar para o município onde está inscrito para votar pode se justificar em um dos 11 postos espalhados pela cidade. Para isso, o eleitor deve levar um documento com foto, o título de eleitor e o formulário de justificativa, que pode ser impresso pelo site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O rodapé do formulário deve ser assinado apenas na frente do mesário.

No 1º turno, os eleitores reclamaram de filas nos locais de justificativa, mas, segundo o assessor de Planejamento do Tribunal Regional Eleitoral, Marcello Souto Mayor, apesar desse problema, o andamento foi considerado razoável, com média de 30 minutos por atendimento. Ele acredita que a situação tende a ser melhor hoje porque há menos cidades que precisam de outro turno para definir os chefes do Executivo local. “Cerca de 55 mil pessoas justificaram a ausência do voto no 1º turno, mas a expectativa é que, no máximo, 20 mil se direcionem aos postos neste 2º turno”, afirmou Marcello.

Caso não seja possível justificar no dia da votação, o eleitor tem um prazo de 30 dias para comparecer ao Cartório Eleitoral. Entre as consequências previstas para quem não justificar, estão o impedimento da emissão de passaporte e da Carteira de Identidade, de realizar concursos ou provas que visem cargos públicos e de fazer matrículas em instituições reconhecidas pelo governo. A falta de justificativa em três eleições seguidas pode resultar na perda definitiva do título eleitoral.


Veja onde justificar:


Asa Norte

Conjnto Nacional de Brasília

Asa Sul

Pátio Brasil Shopping
Rodoviária Interestadual

Paranoá

Salão de Múltiplas Funções da Administração Regional do Paranoá

Gama

Faciplac

Sobradinho

Centro Educacional La Salle

Núcleo Bandeirante

Salão Comunitário do Núcleo Bandeirante

Samambaia

Centro de Ensino Fundamental 404

Águas Claras

Faculdade Anhanguera

Ceilândia

Fundação Bradesco

Com informações de Renata Rusky

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade