SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Sinal analógico de TV deve ser desligado esta semana no Distrito Federal

Às vésperas do fim do primeiro prazo, cerca de 80 mil famílias ainda não estavam preparadas para receber o sinal digital

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/11/2016 11:20

Termina na próxima quinta-feira (17) o novo prazo dado para as emissoras de televisão de Brasília para desligar o sinal analógico na capital do país e em nove cidades do entorno do Distrito Federal. A partir desta data, quem não tiver feito a adaptação para receber o sinal digital de TV aberta ficará sem a programação em todos os canais.

O prazo inicial para o desligamento analógico era no dia 26 de outubro, mas o Grupo de Implantação da TV Digital (Gired) decidiu dar mais um tempo para a adaptação. Com o novo prazo, as 25 geradoras e retransmissoras que atuam na região puderam escolher o melhor momento para fazer o desligamento. Às vésperas do fim do primeiro prazo, cerca de 80 mil famílias ainda não estavam preparadas para receber o sinal digital.

Leia mais notícias em Cidades

A exigência da portaria que instituiu a implantação do sinal digital no país é que pelo menos 93% dos domicílios estejam aptos a receber o sinal digital para que o analógico seja desligado. A estimativa da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) era de que esse percentual estivesse em 90% no dia 26 de outubro. Uma nova pesquisa está sendo feita e será analisada pelo Gired em uma reunião marcada para quarta-feira (16).

A primeira cidade que teve o sinal analógico desligado foi Rio Verde, em Goiás, em fevereiro deste ano. A próxima área a passar pelo processo de desligamento será a região metropolitana de São Paulo. A data marcada inicialmente é 29 de março de 2017, mas isso poderá ser reavaliado pelo Gired.

Para conseguir captar o sinal digital, os telespectadores deverão instalar uma antena apropriada, preferencialmente externa. Se o televisor for antigo, será preciso instalar um conversor de TV digital. A maioria dos modelos mais novos de TV, com tela fina (plasma, LCD, LED) já vem com o conversor de TV digital integrado. Famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único dos programas sociais do governo federal têm direito a receber de graça um kit com antena e conversor digital.

Por Agência Brasil
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
deusdede
deusdede - 14 de Novembro às 13:38
Espero que o sinal melhore, comprei os melhores equipamentos p/tv, e até agora está uma porcaria.