O DF já caiu na folia! Blocos animam o sábado de pré-carnaval

Fim de semana é marcado por animação na capital. De 'Desodorante da asa' a 'Carnapet', blocos levam o brasiliense para a rua uma semana antes do carnaval

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/02/2017 19:52 / atualizado em 18/02/2017 20:41

Luís Nova/CB/D.A Press
 

Ainda falta uma semana para começar o carnaval oficialmente, mas, no Distrito Federal, os blocos de rua já mostraram, neste sábado (18/2), que a folia começou. Desodorante da asa, Galo cego, Carnapet, Bom pra todos levaram milhares às ruas.  Com opções para crianças e até para cachorros, veja o que marcou pré-carnaval brasiliense. 


Desodorante da asa

Durante alguns anos, o Suvaco da Asa animava o pré-carnaval do Cruzeiro e região. O bloquinho fez tanto sucesso que a cada vez mais aumentava de tamanho. Em 2016, o Ministério Público sugeriu que o evento mudasse de local, o que foi acatado pela organização. Com a saída do Suvaco, um grupo de "dissidentes" resolveu criar o Desodorante da Asa, na mesma área.

 

"A mudança de lugar do Suvaco deixou um buraco na cidade, muita gente reclamou. Para não acabar a tradição, surgiu o Desodorante. Saiu a catinga, veio o cheiroso", brinca o presidente e um dos idealizadores do Desodorante da Asa, Andreoni Pellinsky.

 

A rua de acesso do Cruzeiro Velho para a via principal foi tomada por foliões, além do Desodorante, outros nove bloquinhos fazem parte da festa — que vai até às 21h. "O Cruzeiro sempre teve uma ligação forte com o carnaval, com isso, resolvemos juntar os blocos da cidade em uma única data com uma grande festa", afirma Reginaldo Sardinha, Administrador do Cruzeiro, Sudoeste e Octogonal.

 

Luís Nova/CB/D.A Press
 

Os organizadores ainda não tinham os números oficiais de pessoas que participaram da festa. Mas, segundo Pellinsky, o evento é um sucesso. "Ainda estamos na segunda edição, no ano passado cerca de 10 mil pessoas passaram por aqui. Este ano, está muito mais cheio”, aponta. Para animar os foliões, um palco foi montado com diversas bandas entre as atrações. “Já tivemos uma orquestra de frevo, uma bateria de escola de samba, uma banda de axé e, para encerrar, outra banda cantando músicas de carnaval", completa Sardinha.

 

Leia mais notícias em Cidades

 

As amigas Lucélia Teixeira, Miriam de Castro Silva e Maria Aparecida Cerqueira, foram fantasiadas de índias. O grupo é formado desde a infância e sempre se reúne para os carnavais e procuram fantasias parecidas. "Escolhemos um tema e todas tentam se fantasiar dele, quase sempre funciona. Umas ficam melhores, outras não, mas o importante é que sempre estamos nos divertindo juntas", contam. 

 

Para crianças 

Mais cedo, as crianças fizeram a festa com a versão infantil do Desodorante da Asa, no mesmo local. Além de música e dança, as crianças também brincam de concurso de fantasia, e se divertem com os brinquedos infláveis e cama elástica. 

 

As crianças com deficiência não ficaram de fora da folia. O bloco Bom para todos foi totalmente adaptado para crianças com deficiência. Na programação do bloquinho, estavam a apresentação do grupo Lagartixa Chorosa e um desfile de fantasias. De acordo com a organização do evento, a adaptação sonora foi um dos principais diferencias.

Galo cego

Alguns blocos, como o Galo Cego, no Setor Comercial Sul, conseguiram reunir milhares de pessoas. Os integrantes da banda capricharam no visual. O músico Lucas Falcão, 42 anos, interpretou Chaves. O seu colega Ywstter Moura, 44 anos, era Trump. Eles brincaram que estavam negociando intervenções menos severas na política de imigração do presidente republicano. “Vamos conseguir encontrar uma solução para essa questão”, afirmaram. Os amigos se conhecem há 15 anos e sempre festejam o carnaval juntos. “É uma tradição nos  fantasiarmos e sair para brincar na rua”, conta Ywstter.

Bom pra cachorro

Os pets ganharam o primeiro carnaval para eles no Cine Drive-in. Fantasias criativas ações solidárias marcaram o evento, que acaba com a apresentação do filme 'A Dama e o Vagabundo'. Além da diversão, a festa ainda conta com food trucks, tendas com pet shop, veterinário e um estande de um abrigo. 




Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.