Seis blocos de rua animam foliões no carnaval em Brasília

A festa continua durante a semana. Amanhã ainda tem o bloco "Me engole que eu sou jiló", na Praça dos Prazeres, na 201 Norte

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/02/2017 20:44

Luís Nova/CB/D.A Press


O domingo, comumente reservado ao descanso, foi tomado pela folia no último fim de semana antes do carnaval. Desde as 14h já era possível escutar o som da música do bloco Encosta que Cresce, no estacionamento do ginásio Nilson Nelson, e do bloco Cafuçu do Cerrado, que ocupou o Setor Bancário Norte. Nem o calor forte da tarde e o risco de chuva no início da noite desanimou os brasilienses que participou dos dois maiores blocos do fim de semana.

Já o bloco Cabeça do Pimpolho, na 408 Norte, reuniu pouca gente, mas o público não desanimou. Os servidores públicos Tatiana Gonçalves, 42 anos, e Robson Pereira de Almeida, 47 anos, levaram a filha, Catarina, 5, e a amiga Isabella, 7, para a folia. “Quando o bloco está vazio é mais tranquilo para quem está com criança. Elas podem brincar com menos perigo”, avalia Tatiana.

Leia mais notícias em Brasília

Outro bloco pequeno, mas animado, foi o bloco Falta Pouco, na Praça dos Prazeres, na 201 Norte, que reuniu aproximadamente 100 pessoas. A professora Ariane Angélica Silva, 50 anos, aproveitou a tranquilidade para levar o cão Van Gog para a folia. “Passei em vários blocos e esse foi melhor. Aqui reuniu um público mais consciente e politizado. Até a música é melhor. Temos um outro contexto de carnaval. Aqui temos uma festa mais inclusiva”, ressalta.

A festa continua durante a semana. Amanhã ainda tem o bloco Me engole que eu sou jiló, também Praça dos Prazeres. A festa por lá está prevista para começar às 19h e só acaba às 2h.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.