Blocos animam terceiro dia de carnaval brasiliense

Os eventos são monitorados pelo Centro Integrado de Comando e Controle Regional, que reúne 18 órgãos do Governo do Distrito Federal

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/02/2017 19:04 / atualizado em 27/02/2017 21:50

Luis Nova/Esp. CB/D.A Press
 
O terceiro dia oficial do carnaval teve 27 atrações nas ruas do DF. Nesta segunda-feira (27/2), milhares de pessoas se reuniram no Setor Bancário Sul e na Asa Norte. O bloco com maior expectativa de público é o Galinho de Brasília, na 201 Sul, que espera 100 mil pessoas. 

No Setor Bancário Sul, o Aparelhinho e o Divinas Tetas animaram os foliões. Estima-se que entre 20 mil e 30 mil pessoas tenham passado nos dois eventos durante a tarde, mas o balanço definitivo só será divulgado na madrugada. Os eventos são monitorados pelo Centro Integrado de Comando e Controle Regional, que reúne 18 órgãos do Governo do Distrito Federal.
 
 
Entre as 17h de domingo e as 17h desta segunda, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) recolheu 21,8 toneladas de lixo das ruas por onde os bloquinos passaram. Ao todo, a força-tarefa da limpeza contou com 228 garis. Desde o primeiro dia de festa, já foram coletados 50 toneladas de resíduos.

Ocorrências

A Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude registrou uma ocorrência na Coordenação de Denúncias de Violação de Direitos da Criança e Adolescente: o caso de uma mãe que saiu para recolher latinhas na 201 Norte, na Praça dos Prazeres, e levou os cinco filhos. Três deles trabalhavam com ela e os outros dois foram deixados sozinhos debaixo de um bloco, segundo a pasta.

Hospitais da rede pública receberam pacientes embriagados e feridos, em virtude de acidentes durante as festividades. Ao todo 14 pessoas foram esfaqueadas na folia de rua entre sábado e esta segunda. Desses, dois precisaram passar por cirurgia e continuam internados, com estado de saúde estável. Os outros receberam curativos, foram medicados e liberados em seguida.

Entre os órgãos de trânsito, apenas o Detran divulgou os números de infrações. O órgão registrou 172 irregularidades relacionadas ao carnaval. Desses, 76 foram por falta de uso do cinto de segurança, dez por não darem preferência ao pedesetre na faixa, 15 por estacionar em local proibido, 11 por avanço do sinal vermelho, entre outros. Ao todo, 131 veículos tiveram de ser recolhidos para o depósito.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.