SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Familiares enterram homem vítima de tiroteio na 309 Norte

O corpo de Luis Eduardo dos Santos Lobo foi enterrado no Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/04/2017 16:27 / atualizado em 21/04/2017 19:42

Marcelo Ferreira/CB/D.A. Press
 
Familiares e amigos despediram, nesta sexta-feira (21/4), de Luis Eduardo dos Santos Lobo, 34 anos, vítima do tiroteio na 309 Norte. O velório começou às 8h30 na Capela 7 do Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul. Ao menos 50 pessoas acompanhavam a cerimônia por volta das 14h. Abalados, os familiares preferiram não comentar o caso.


Luis Eduardo atuava como taxista. O pai dele, Francisco Alves Lobo, 68, estava consternado e não quis falar sobre o assunto. Um irmão, que não se identificou, disse que ele estava em processo de cadastro para ser taxista. "Não atuava em aplicativo, apenas circulava nas ruas", resumiu. A Secretaria de Mobilidade e o Sindicato dos Taxistas (Sinpetaxi-DF) informaram que Luis não tinha cadastro como taxista. O sepultamento estava marcado para 15h30.
 
Os quatro suspeitos de envolvimento no crime serão indiciados por homicídio qualificado. O tiroteio aconteceu na manhã de quinta-feira (20). As imagens do circuito interno de TV do posto mostram quatro pessoas descendo de um carro e disparando contra um grupo que bebia em frente à loja de conveniência. Luís Eduardo se escondeu atrás de um veículo, enquanto outras pessoas correm. Ele foi atingido na altura da clavícula esquerda.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.