Homens são presos após sacarem ilegamente o FGTS de contas inativas

Um dos casos ocorreu no Núcleo Bandeirante. O acusado contou que conseguiu o número da conta e a senha de vários clientes quando trabalhou em uma casa lotérica em São Sebastião

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/06/2017 18:40 / atualizado em 10/06/2017 20:34

Carlos Silva/Esp. CB/D.A Press

 

Um homem de 25 anos, foi preso em uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF), no Núcleo Bandeirantes, por suspeita de efetuar saques de forma fraudulenta das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Acionados por seguranças da agência bancária, por volta das 10h deste sábado (10/6), os policiais militares encontraram na posse de Adelson Filho dos Santos Martins R$ 1.297 mil, além de vários recibos emitidos pelos terminais do banco.  Levado para a Polícia Federal, onde foi autuado por furto qualificado, o homem informou ainda que conseguiu o número da conta e a senha de vários clientes quando trabalhou em uma casa lotérica, por um período de um ano, em São Sebastião.

 

Leia mais notícias em Cidades 


De acordo com os investigadores, o homem efetuou oito saques na Agência do Núcleo Bandeirante, além de 14 tentativas frustradas(quatro no Lúcio Costa, quatro no Lago Sul e seis no Núcleo Bandeirante).

 

Mais dois homens, ambos de 22 anos, foram presos por saque ilegal do FGTS  em uma agência em Águas Claras. Policiais do 17º Batalhão prenderam Talisson Lopes de Melo e Mateus Carvalho de Sousa, por volta das 14h30min deste sábado, com R$1.114 mil, além de três recibos de saque. Dentro do veículo que os suspeitos usavam, um Gol, os policiais também encontraram mais R$ 935,00. A dupla foi levada para a Polícia Federal onde foi autuada por furto duplamente qualificado. 

 

Agências da da Caixa Econômica Federal abriram neste sábado, das 9h às 15h, para o pagamento das contas inativas do FGTS. Foi o primeiro dia de pagamento da quarta fase, desta vez para os trabalhadores nascidos em setembro, outubro e novembro. 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.