Detran autua 31 motoristas por dirigirem embriagados e prende três

Já a Polícia Militar registrou 98 autuações por direção sob efeito de álcool. Dados finais do período só serão divulgados na segunda-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/06/2017 22:00 / atualizado em 16/06/2017 22:04

André Violatti/Esp. CB/D.A Press

 
O Departamento de Trânsito (Detran-DF) e a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) intensificaram as operações de fiscalização durante o feriado de Corpus Christi. De quarta para quinta-feira (15/6), 31 motoristas foram autuados pelo Detran-DF por dirigirem sob efeito de álcool e três prisões foram realizadas, tanto pela recusa à realização do teste do bafômetro, quanto pela apresentação de índices alcoolemia superiores ao permitido. Além desses, dois condutores foram multados por dirigirem com a carteira suspensa, um por estar inabilitado e cinco veículos removidos para o depósito do órgão.

Na manhã do feriado de Corpus Christi, o Detran-DF contabilizou 35 notificações emitidas por infrações diversas, oito remoções de veículos para o depósito, três condutores inabilitados e um com a CNH suspensa. De acordo com o diretor-geral do Detran-DF, Silvain Fonseca, os números oficiais das operações serão liberados apenas na segunda-feira, após a contabilização dos dados referentes ao feriado prolongado. “As ações continuam hoje e serão intensificadas até segunda. Geralmente realizamos de seis a oito operações por dia, neste feriado, elas estão chegando a 10”, disse.

Na madrugada de ontem para hoje, o Detran emitiu 24 autuações, apreendeu 42 veículos, flagrou 19 motoristas dirigindo sem carteira e autuou três condutores por dirigirem com a habilitação suspensa por casos de alcoolemia. “Não temos dados fechados ainda, mas os números deste ano devem ter sido superiores. Os acidentes estão diminuindo, mas os números de autuações têm aumentado”, afirmou Silvain.

 
PM também reforça fiscalização 

Na noite de quarta-feira e durante todo o feriado de Corpus Christi, a Polícia Militar realizou sete operações por meio do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran). A PMDF registrou 98 autuações por alcoolemia e 31 por transporte clandestino. De acordo com o comandante do CPTran, coronel Alexandre de Souza, os casos de alcoolemia aumentaram por conta do reforço no monitoramento. “O registro foi maior porque a fiscalização também foi. Nós mudamos as estratégias de autuação e agora ela está bem mais eficiente. Não é que as pessoas estejam bebendo mais, é porque a estratégia foi intensificada e estamos focando nas infrações que possam afetar a vida”, explicou. 

O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) informou, em nota, que não realizou operações específicas para o feriado. "O que houve foi a atuação rotineira, das quais os dados ainda estão sendo processados para liberação de relatório na segunda-feira", ressaltou o órgão.


Penalidades

Desde novembro do ano passado, a multa para direção sob efeito de álcool é de R$ 293,47, podendo ser multiplicada chegar a até R$ 5.869,40 em caso de reincidência no período de um ano. Nos casos de recusa à realização do teste, em situações de embriaguez perceptível, o condutor pode ser levado à delegacia, onde será encaminhado à realização de testes com peritos da Polícia Civil. Se houver a detecção de níveis alcoólicos superiores a 0,34 mg/litro de ar expelido do pulmão – quantidade mínima para a prática ser considerada crime  –, a pena pode ser de seis meses a um ano de prisão, além da aplicação de multa.
 
* Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.