Duas mortes são registradas em estradas do DF em menos de nove horas

Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas nos acidentes registrados entre a noite de sábado (17/6) e a manhã deste domingo (18/6)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/06/2017 09:30 / atualizado em 18/06/2017 17:56

Corpo de Bombeiros/ divulgação
Duas pessoas morreram em acidentes em vias do Distrito Federal entre a noite de sábado (17/6) e a madrugada deste domingo (18/6). Os acidentes ocorreram em um intervalo de menos nove horas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ao menos cinco pessoas ficaram feridas nas ocorrências. Na BR-020, entre Sobradinho e Planaltina, um motociclista de 28 anos não resistiu ao impacto de uma colisão com um carro de passeio. Na DF-230, em Planaltina, um homem de 27 anos, morreu após bater o veículo na proteção de uma ponte. 
 
Leia mais notícias em Cidades

O acidente na BR-020 foi registrado por volta das 23h de sábado. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, um Nissan Versa bateu em uma motocicleta Honda. Na moto havia duas pessoas. Um deles, um homem, de 23 anos, foi resgatado em estado grave e levado para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). O outro, identificado como Michael Jackson Oliveira da Silva, 28 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O condutor do carro não sofreu ferimentos.

Corpo de Bombeiros/ divulgação
Por volta das 3h30, na DF-230, próximo ao Morro da Capelinha, o Corpo de Bombeiros também foi acionado para outro acidente. Na ocasião, o condutor de um Onix da cor branca, perdeu o controle da direção e colidiu o veículo com a mureta de proteção da ponte sobre o corrégo Fumal. Marcelo Abadia dos Santos Neto, 27, morreu na hora.

Feridos


Corpo de Bombeiros/ divulgação
Um carro capotou por volta das 7h30 na QI 27 do Lago Sul. Segundo o Corpo de Bombeiros, o condutor do veículo perdeu o controle da direção. No carro havia quatro pessoas. O condutor nada sofreu. As demais vítimas foram socorridas com dores pelo corpo para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). Duas faixas da pista no sentido Ponte JK ficaram interditadas para realização da perícia da Polícia Civil. A Polícia Militar realizou o teste de bafômetro, que deu negativo para o consumo de álcool. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Wilson
Wilson - 18 de Junho às 13:55
se for para a UPA vai morrer mais gente ainda. no NUCLEO BANDEIRANTE NAO TEM MEDICO DESDE ONTEM E OS TELEFNES ESTAO CORTADOS. Enquanto isso tem reaus para festa sao joao...