Motorista alcoolizado provoca acidente com duas vítimas na BR-070

Acidente ocorreu por volta das 7h, nesta quinta feira (3/8), próximo à Barragem do Descoberto no sentido Brasília

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/08/2017 10:44 / atualizado em 03/08/2017 13:49

Um motorista alcoolizado provocou um acidente que envolveu três veículos e deixou duas pessoas feridas, na BR-070, na descida da Barragem do Descoberto, sentido Brasília. A colisão foi por volta das 7h desta quinta-feira (3/8). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor do Fiat Siena, Juremir Farvas da Silva, perdeu o controle e bateu num Ágile, que, por sua vez, colidiu com uma moto. 
 
 
Segundo a assessoria de imprensa da PRF, o teste do bafômetro revelou que Juremir estava com 0,20 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Aos policiais rodoviários, ele teria dito que bebeu na noite de quarta-feira (2/8). O homem teve a carteira de motorista apreendida e vai responder a um processo administrativo por dirigir sob efeito de álcool. A multa para a infração considerada gravíssima é de R$ 2,9 mil, além da perda de sete pontos na CNH. 

Entenda o caso

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o Agile, na cor preta, conduzido por Beatriz Carvalho Barbosa, foi atingido pelo Siena, que bateu na moto Honda CG Fan, cor vermelha, pilotada por Édson Andrade Pereira Barros. Ele levava Dayane Pereira Barros, 28 anos, na garupa.

Beatriz, segundo os bombeiros, recusou atendimento médico. Édson foi socorrido pela equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para o Hospital Bom Jesus, em Águas Lindas de Goiás. A passageira da moto, Dayane foi atendida e levada pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Regional de Ceilândia. A suspeita é que Dayane tenha sofrido uma fratura na costela.  

Mais detalhes 

O local ficou aos cuidados da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Eles informaram que todos os condutores fizeram o teste do bafômetro. Mas só teste do condutor do Siena deu positivo.
 
Dirigir embriagado é proibido no Brasil. Quem é pego com até 0,29 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, responde a processo administrativo e tem a CBH suspensa por um ano. A partir de 0,3 miligramas, a conduta é considerada crime. O motorista é levado para a delegacia e responde a processo criminal na Justiça. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.