Polícia identifica suspeito de atirar contra comerciante em Sobradinho

Tentativa de latrocínio aconteceu na última quarta-feira (2/8). A vítima sofreu um disparo de arma de fogo na cabeça e está internada em estado gravíssimo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/08/2017 18:48 / atualizado em 04/08/2017 21:20

Divulgação
A 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho I) identificou e qualificou, nesta sexta-feira (4/8), o autor da tentativa de latrocínio na última quarta-feira (2/8), na região administrativa. João Lucas Feitoza da Silva, 20 anos, é suspeito de ter atirado na vítima, um empresário de 47 anos, dono de uma loja de motocicletas. Um dos disparos atingiu a cabeça do comerciante, que está internado no Hospital Regional de Sobradinho em estado gravíssimo.
 
"Chegamos a uma foto do suspeito e duas das três vítimas foram categóricas ao afirmarem que era ele [o autor dos crimes]. A terceira disse não se lembrar muito bem, mas que parecia muito", explicou o delegado Hudson Maldonado.
 
O criminoso que atirou contra o comerciante Clodoaldo dos Santos está foragido. Como a vítima foi atingida duas vezes na cabeça, à queima roupa, a polícia cogitou a possibilidade de se tratar de um acerto de contas, mas a investigação evoluiu para tentativa de latrocínio. Segundo a Polícia Militar, o suspeito entrou na loja com a intenção de roubar uma moto Hornet branca. 

Imagens do circuito interno da loja mostram que o comerciante se negou a entregar as chaves, o que levou o assaltante a atirar contra a parede, a fim de assustar Clodoaldo. Em seguida, os dois entraram em luta corporal e caíram no chão. Foi quando os outros dois disparos foram executados, atingindo a cabeça da vítima. A mulher do comerciante e uma outra pessoa também estavam no local, mas não foram feridas. Como as imagens são muito fortes, o Correio optou por não divulgar o vídeo.

Depois da tentativa de latrocínio, o suspeito roubou um carro para fugir, mas como o veículo tinha sistema anti-furto, com corta-correntes, foi obrigado a abandoná-lo próximo à administração de Sobradinho. De acordo com testemunhas, ele acabou fugindo a pé. O veículo foi encaminhado para o pátio da 13ª DP, onde passará por perícia.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Sérgio
Sérgio - 05 de Agosto às 11:11
m pesquisa pelo google esse assassino está respondendo por já ter sido preso esse ano por posse de drogas. Se tivesse enjaulado talvez o empresário estivesse vivo. Essa mania da justiça passar a mal na cabeça de vagabundo é que acaba colaborando indiretamente para que o crime prevaleça.