Morre empresário de Sobradinho baleado na cabeça em assalto

Clodoaldo foi atingido duas vezes na cabeça, à queima roupa, durante um assalto em sua loja de motos, em Sobradinho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/08/2017 10:18 / atualizado em 06/08/2017 18:11

Arquivo Pessoal/ facebook
O empresário Clodoaldo Alencar, 47 anos, morreu após lutar três dias pela vida no Hospital de Base de Brasília. Ele teve uma parada cardíaca às 19h40 de sábado (5/8) e não resistiu. O irmão da vítima Claudenildo Alencar Nóbrega disse que o corpo será enterrado em Pombal, na Paraíba.


Leia mais notícias em Cidades

Clodoaldo foi atingido duas vezes na cabeça, à queima roupa, durante um assalto em sua loja de motos, em Sobradinho. O crime aconteceu na quarta-feira (2/8). Pelas características do crime, a polícia chegou a cogitar um acerto de contas. Mas, logo depois, descartou essa linha de investigação e começou a trabalhar com a hipótese de latrocínio.


Na sexta-feira (4/8), os investigadores da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho I) identificaram e qualificaram o autor do crime. Segundo a Polícia Civil, trata-se  de João Lucas Feitoza da Silva, 20 anos, que continua foragido.  



Luta

A vitíma estava internada em estado grave, na sala vermelha do Hospital de Base. Clodoaldo aguardava uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com suporte neurológico. Familiares e amigos fizeram esforços para conseguir o leito. Mas, ele não resistiu após uma parada cardíaca.

A família tentará fazer o translado do corpo de Cloadoldo para Pombal, cidade natal da vítima ainda neste domingo (6/8). Eles aguardam a liberação do Instituto de Medicina Legal (IML). Cloadoldo era casado e deixa quatro filhos. Dois moram em Sobradinho e os demais na Paraíba.

Divulgação

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Aroldo
Aroldo - 06 de Agosto às 22:44
A vida se tornou sem valor. A cidade onde nasci não é mais a mesma.Reconheço os esforços de nossos governantes.Porém, a insegurança impede de termos uma vida normal em nosso país. Será que vivemos numa democracia, onde morrem por ano mais de 60.000 pessoas por assassinato? No fundo vivemos uma Guerra Civil,onde a hipocrisia e o mal tomaram conta.A quem recorrer no momento do perigo? Adianta pedir a DEUS socorro,se nosso grito parece demorar chegar aos céus?
 
Sidney
Sidney - 09 de Agosto às 11:38
Sinto o mesmo. O mais grave é que isso está generalizado. Na área rural ficou pior. Parte disso devemos agradecer àqueles idiotas do "Viva Rio". Com uma ilusão infantil, conseguiram aprovar a lei do desarmamento das pessoas de bem. Disseram que os crimes acabariam... KKKKKKK.
 
GILBERTO
GILBERTO - 06 de Agosto às 19:07
O POBRE NAO CONSEGUE TER SENTIMENTOS, COMO COMPAIXAO, ALTRUISMO, EMPATIA.... COM RARISSIMAS EXCECOES.
 
GILBERTO
GILBERTO - 06 de Agosto às 19:05
O QUE A MAE IRA FALAR PARA OS FILHOS DO CASAL.... ESSES BANDIDOS SEQUER IRAO PARA A CADEIA. EU GOSTARIA DE SER ESCALADO PARA SER O VERDUGO DESSES CANALHAS ASSASSINOS.
 
GILBERTO
GILBERTO - 06 de Agosto às 19:00
O POVO BRASILEIRO E COVARDE, OMISSO, OPORTUNISTA, CONIVENTE E CUMPLICE DESSAS BARBARIES. EU TENHO NOJO DE PENSAR QUE EU NASCI NESSE FAVELORIO DE MERDA.
 
GILBERTO
GILBERTO - 06 de Agosto às 18:58
SE NAO ELIMINARMOS TODOS ESSES POLITICOS CORRUPTOS E ASSASSINOS EM BRASILIA, NADA IRA MUDAR. MATAR AQUI, NESSE FAVELORIO, E UMA COISA BANAL. VOCES JA PERCEBERAM QUE A CLASSE MEDIA ESTA SENDO EXTERMINADA, EM TODOS OS SENTIDOS. AS FORCAS ARMADAS NAO TOMAM VERGONHA NA CARA. NAO PODEMOS MAIS CONFIAR EM NENHUMA INSTITUICAO PUBLICA. SAO VERDADEIRAS QUADRILHAS QUE ESTAO DIZIMANDO A POPULACAO QUE FORNECE EMPREGOS.
 
Roberto
Roberto - 06 de Agosto às 11:36
Queria saber se vai aparecer alguém dos Direitos Humanos pra dar uma força pra família e cobrar das autoridades uma resposta a este latrocínio!