Conselho recomendará transferência de crianças que sofriam maus-tratos

Após análise do Conselho Tutelar de Sabará, em Minas Gerais, familiares dos cinco resgatados recebem aval para obter guarda provisória. As crianças foram resgatadas no Assentamento Morrinhos, em Formosa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/08/2017 16:30 / atualizado em 15/08/2017 16:50

Luis Nova/Esp. CB/D.A Press
O Conselho Tutelar de Sabará (MG) enviará, nesta terça-feira (15/8), ao conselho de Formosa relatório em que recomendará à Justiça da Infância que os cinco irmãos resgatados no Assentamento Morrinhos, no começo do mês, fiquem com os familiares por parte da mãe. Segundo informou o conselho, foi realizada, na última sexta-feira (11/8), uma entrevista com os familiares. 
 
 
O conselheiro de Sabará Ronaldo Félix informou que a situação da tia e da avó das vítimas é favorável ao acolhimento dos menores. “O nosso relatório será pela recomendação da transferência dos garotos. Os familiares têm condições de ficar com os meninos até que a situação com os pais seja resolvida pela Justiça”, explicou. 

Já o conselheiro de Formosa, Carmilton Santos, informou que aguarda o recebimento do relatório para dar entrada no pedido de audiência com o juiz da infância da cidade goiana. “Estou dependendo da recomendação do conselho de Sabará para dar prosseguimento aos trâmites”, argumentou. 

Após manifestar interesse, a tia das crianças, de 32, anos, mostrou-se satisfeita com a notícia de que os sobrinhos poderiam ir morar com ela. “Fico feliz. Estou ansiosa, há muito tempo não os vejo. Mal vejo a hora de chegarem aqui”, torce. 

Após o recebimento do documento pelo Conselho Tutelar de Formosa, será solicitada uma audiência com o juiz da infância da cidade goiana para decidir se a guarda das vítimas será concedida provisoriamente aos parentes.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.