Rompimento de adutora e acidente levam caos ao trânsito na saída da EPVP

Motoristas tiveram dificuldade para sair da via e seguir para a EPTG. No Pistão Sul, uma ventosa também rompeu e litros de água jorravam na linha do metrô

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/08/2017 06:57 / atualizado em 17/08/2017 11:31

Ana Rayssa/Esp. CB/DA Press
A manhã desta quinta-feira (17/8) foi de caos no trânsito para os motoristas que passavam pela Estrada Parque Vicente Pires (EPVP), após o rompimento de uma adutora da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb). Milhares de litros de água vazaram do canal de um metro de diâmetro próximo ao viaduto Israel Pinheiro, às margens da Estrada Parque Taguatinga-Guará (EPTG), inundando as pistas, casas e carros de moradores da região. Até por volta das 10h45 ainda não havia prazo estipulado para a normalização do sistema de abastecimento de água, que deixou Taguatinga, Águas Claras e Guará sem água.
 
Segundo a Caesb, o problema ocorreu por volta das 5h. Equipes de manutenção foram para o local para fechar o registro manual de forma gradativa. A água foi completamente fechada às 6h50, quando técnicos atuavam no local para consertar a adutora. Os motoristas que tentavam sair de Águas Claras e Park Way pela EPVP precisaram de muita paciência com o trânsito totalmente congestionado, onde também houve relatos de um acidente. 

 
Durante o reparo, o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) e o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran/DF) fizeram um desvio na EPVP para que os carros pudessem sair do congestionamento. A marginal da EPTG foi interditada, o que deixou o tráfego ainda mais lento até depois das 8h. A recomendação era de que os moradores de Águas Claras e do Park Way evitassem sair por lá. Algumas alternativas eram tentar sair pelo Pistão Sul ou seguir para a Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB). O trânsito nas demais vias da EPTG seguia muito intenso, mas fluindo.

Reprodução/Google

 
Para evitar transtornos na volta para a casa, o DER/DF informou que estão livres para o trânsito de todos os carros as faixas exclusivas da Estrada Parque Taguatinga (EPTG) e Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB) até a meia-noite desta quinta-feira (17/8). Por conta do mesmo incidente, o departamento também decidiu estender a reversão da Estrutural na volta para a casa à noite. As faixas Norte e Sul ficarão livres para o trânsito no sentido Taguatinga até às 20h30. Em dias normais, a reversão funciona até 19h45.
 

Vazamento no Pistão Sul

Poucos momentos após o rompimento da adutora às margens da EPTG, imagens aéreas feitas pela Rede Globo mostraram outro ponto de vazamento de água na rede da Caesb, em uma ventosa na altura do Pistão Sul, em Taguatinga. O ponto de escape da água, que fica sobre a linha da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), fazia jorrar grande quantidade de água sobre os trilhos. Segundo Metrô-DF, não houve interferência operacional. Equipes da Caesb foram até a estação Taguatinga Sul, onde verificaram que não houve nenhum problema na estação ou nos trilhos.
 

Crise hídrica

Os rompimentos em tubulações da Caesb ocorrem em um momento delicado da crise hídrica no Distrito Federal. A população já enfrenta 87 dias sem chuvas e há cerca de oito meses em racionamento no abastecimento de água. A Caesb ainda não calculou os prejuízos por conta do problema na adutora e afirmou que, durante o período de reparos na rede e na medida do possível, os moradores "façam uso racional da água para facilitar a recuperação plena e equilibrada do sistema."
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.