Mesmo com público alvo ampliado, pacientes não conseguem vacina contra HPV

Funcionários de um centro de saúde da 208/408 Norte teriam informado que a imunização para o dia havia sido encerrada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/08/2017 19:07 / atualizado em 22/08/2017 20:21

Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press

  
Apesar da ampliação do público alvo para a vacina contra o HPV, agora adultos entre 15 e 26 anos também pode ser imunizados, há pacientes que não conseguriam a dose nesta terça-feira (22/8). Um leitor do Correio, que pediu para não ter o nome divulgado, tentou atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) da 208/408 Norte. Era por volta das 15h40, quando ele chergou o local e não foi atendido.
 
As enfermerias teriam dito que as imunizações do dia haviam sido suspensas. “Cheguei no Centro de Saúde 12, que estava lotado e com a informação de que a vacinação estava encerrada para hoje”, contou o rapaz. A Secretaria de Saúde, por sua vez, nega o caso. 
 
 
 
Em nota, a pasta afirma que, na tarde de hoje, a prioridade foi para os recém-nascidos que receberam outra vacina. Com isso, todos os demais pacientes teriam sido avisados que seriam vacinados, mas que, antes, deveriam aguardar o cuidado prestado aos bebês. “O pedido foi de espera e não um comunicado de suspensão”, justifica o texto. Diariamente, em média, 400 pessoas são imunizadas na unidade da 208/408 Norte.

A Secretaria de Saúde esclarece que não há limitação diária na vacinação contra o HPV. Ou seja, as pessoas que estão dentro da faixa etária alvo que procurarem as salas de vacina vão receber as doses, que vencerão em 4 de setembro. Ao todo, o DF conta com 106 salas de vacianação.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.