PM acusado de atirar no vizinho em Samambaia é preso pela corporação

Segundo informações preliminares da Polícia Militar, José Arimatéia foi preso neste sábado (9/9) e precisará de atendimento médico antes de ser encaminhado à Papuda. Ele teria quebrado o braço durante a discussão com o vizinho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/09/2017 21:52 / atualizado em 10/09/2017 22:20

Reprodução

O policial militar reformado José Arimatéia Costa, 58 anos, foi preso na noite deste sábado (9/9). Ele estava foragido desde quinta-feira, suspeito de atirar e matar o vizinho durante uma discussão, em Samambaia. Foi localizado no Gama e integrantes da Corregedoria da PM realizaram a prisão. 
 
 
Segundo informações preliminares da Polícia Militar, ele teria quebrado o braço durante a briga com o vizinho e vai passar por procedimento médico. Após a cirurgia, ficará na ala reservada a policiais no Complexo Penitenciário da Papuda.

Relembre o caso


O desentendimento teria começado em um grupo de Whatsapp utilizado pelos moradores. Adilson Santana, 36 anos, morava em um apartamento abaixo do policial. Na conversa, ele acusa José de ter cuspido na janela dele. O PM então desceu até o apartamento da vítima, os dois discutiram e ele efetuou os disparos. Adilson não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
 
A 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte) investiga o caso. A Polícia Militar informou que o caso é apurado também pela corporação.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.