Com pouca previsão de chuva para o início da semana, calor predomina no DF

Segundo o Inmet, a expectativa é que as chuvas intensas voltem a partir da quarta-feira (15/11)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/11/2017 09:49 / atualizado em 14/11/2017 09:50

Minervino Junior/CB/D.A Press

 
Apesar de um início de semana com pouca possibilidade de chuva no Distrito Federal, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê chuviscos e precipitações para o resto da semana. A partir da quarta-feira (15/11), a tendência é que as chuvas mais intensas voltem a cair sobre a capital federal. 
 

Apesar da possibilidade de chuva, as temperaturas continuam altas no DF. A máxima deve atingir 30°C em dois dias desta semana. E o céu ficará com muitas nuvens ao longo do dia.
 
Para esta terça-feira (14/11), a expectativa é que a máxima chegue a 30°C. A madrugada foi de tempo ameno, 16°C. O céu deve ficar nublado o dia inteiro. A umidade relativa do ar pode variar de 95% a 30%. 
 
A chuva das últimas semanas ainda não trouxeram alívio para a crise hídrica. Na última atualização da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa), o reservatório do Descoberto alcançou 6,9%, enquanto o volume de Santa Maria chegou a 23% da capacidade total. 
 

Aumento de CO2 na atmosfera

Segundo estudos da Organização Meteorológica Mundial (OMM), a concentração de dióxido de carbono (CO2) aumentou em uma velocidade recorde em 2015, alcançando o nível mais alto em 800 mil anos. Os dados foram divulgados pela organização por meio de um boletim que avalia os gases de efeito estufa.
 
De acordo com os dados, a concentração média mundial do gás é resultado das atividades humanas combinadas com um intenso episódio de El Niño. Atualmente, a concentração representa 145% dos níveis pré-industriais. Segundo o Inmet, o rápido aumento dos níveis atomosféricos "podem gerar mudanças sem precedentes nos sistemas climáticos".  
 
Com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet)  
 
 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.