Por causa da greve do metrô, DER e Detran liberam faixas exclusivas

Os motoristas podem fazer uso das faixas exclusivas até a meia-noite em diversas vias do DF. Ainda não há previsão para o encerramento da paralisação dos metroviários

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/11/2017 12:26 / atualizado em 20/11/2017 12:49

Marcelo Ferreira/CB/D.A Press - 28/08/2017

 
Em decorrência da paralisação completa do Metrô/DF nesta segunda-feira (20/11), o uso das faixas exclusivas de diversas vias do DF foram liberadas. Por decisão Departamento de Estradas e Rodagem (DER) e do Departamento de Trânsito (Detran), fica permitido que motoristas de carros de passeio ocupem qualquer pista das Estradas Parques Taguatinga (EPTG) e Núcleo Bandeirante (EPNB), das W3 Norte e Sul e do Setor Policial Sul. A liberação vale até a 0h de terça-feira. 


Além disso, o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) disponibilizou 67 ônibus da frota reserva para a circulação. O órgão monitora a situação para que, caso haja demanda, mais veículos sejam incluídos ao efetivo, já que ainda não há previsão para o encerramento da paralisação. 
 

Metrô x Sindicato  

 
Em nota oficial, o Sindicado dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do DF (Sindmetro) afirma que a Companhia do Metropolitano do DF se recusou a negociar a escala de trabalho para a operação de greve e, por isso, há transtornos causados pela "falta de condições de trabalho, pela falta de diálogo da empresa e pela má gestão dos gestores públicos". 
 
Por outro lado, a empresa afirmou que só abrirá as estações caso a categoria envie uma lista de funcionários previamente escalados, já que os trabalhadores dos cargos administrativos e de chefia são realocados para cobrir as funções vazias. Segundo a corporação, é necessário que 75% dos funcionários trabalhem para garantir um funcionamento seguro.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.