Faixas exclusivas ficarão liberadas até o fim da greve do Metrô

A medida vale tanto para as vias de responsabilidade do DER quanto do Detran

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/11/2017 22:30 / atualizado em 24/11/2017 22:31

Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press

Com a redução do número de trens e fechamento de estações do Metrô durante a paralisação, muitos brasilienses acabam optando por tirar o carro da garagem. Para ajudar na fluidez do trânsito, a circulação de todos os veículos nas faixas exclusivas do DF está liberada até o fim da greve.
 
 
A decisão vale para todas as vias com pistas restritas a transportes coletivos. Ou seja, estarão livres tanto a W3 Sul/Norte e o Setor Policial, de responsabilidade do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), quanto a Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB) e a Estrada Parque Taguatinga (EPTG), do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF). 
 

Greve

O Metô-DF decidiu abrir apenas 18 das 24 estações até o fim da greve, em horário de pico. Nesta sexta-feira (24/11), as 24 estações estavam abertas, com funcionamento de 75% do quantitativo.  
 
Não há previsão de término da paralisação, já que os metroviários e o GDF ainda não entraram em acordo em relação à contratação de novos servidores e ao reajuste salarial reivindicados pela categoria. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.