Justiça julga cunhados que brigaram após um deles agredir a companheira

O desentendimento aconteceu em agosto de 2014, após uma comemoração de aniversário próxima ao Setor Militar Urbano. Os dois envolvidos são julgados por tentativa de homicídio simples

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/11/2017 10:50 / atualizado em 28/11/2017 13:58

Os dois cunhados que brigaram após um deles tentar defender a irmã de uma agressão são julgados na manhã desta terça-feira (28/11), no Tribunal do Júri de Brasília. De acordo com os autos, o desentendimento ocorreu em 30 de agosto de 2014, próximo ao Setor Militar Urbano (SMU), após a comemoração do aniversário da sobrinha de um dos envolvidos. 

 

Leia as últimas notícias do Distrito Federal

 

Ambos são julgados por tentativa de homicídio simples. Um também é acusado de lesão corporal envolvendo violência doméstica, enquanto o outro responde por dano ao patrimônio.

 

A irmã de um dos agressores tentou impedir a briga, mas teve a cabeça machucada por uma faca. Apesar das lesões, todos sobreviveram. O suspeito de agressão doméstica ficou preso por oito meses. Conforme ordem judicial, ele deve manter uma distância mínima de 500 metros da ex-companheira e dos familiares dela.

 

Segundo o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), as versões apresentadas pelos acusados são divergentes. Portanto, a solução do caso fica sob responsabilidade do júri.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.