Idosa morre ao ser atropelada por motociclista inabilitado no Gama

A vítima foi atropelada em frente a agropecuária Roma, no Setor Sul do Gama. Segundo a polícia militar, o motociclista não possuía habilitação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/11/2017 13:52 / atualizado em 28/11/2017 14:00

Uma mulher de 76 anos morreu após ser atropelada por um motociclista em frente a agropecuária Roma, no Setor Sul do Gama, às 23h31 da noite desta segunda-feira (27/11). Segundo um funcionário da agropecuária, a idosa era cliente da loja e morava próximo. De acordo com a Polícia Militar, o condutor da motocicleta tem 20 anos e não possuía a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).


O jovem foi submetido ao teste do bafômetro e o resultado deu negativo. Apesar de ter sofrido escoriações, o motociclista recusou atendimento. O Corpo de Bombeiros declarou o óbito de Raimunda da Silva ainda no local do atropelamento. A Polícia Militar não soube informar se a vítima estava na faixa de pedestres no momento do acidente.

A Polícia Civil afirmou que o condutor da moto foi conduzido à 20° Delegacia de Polícia (Gama) e preso por homicídio culposo na direção de veículo automotor, previsto no Código de Trânsito Brasileiro, (CTB), artigo 302. A pena será aumentada pelo fato de ele não possuir CNH. A corporação não arbitrou fiança.

O motociclista foi encaminhado para a Divisão de Controle e Custódia de Presos (DCCP), localizada no complexo do Departamento de Polícia Especializada (DPE), em Brasília, e ficará à disposição da justiça.

*estagiária sob supervisão de Adriana Bernardes
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.