Homem é preso acusado de estuprar a filha de 7 anos em Luziânia

A criança disse que sofria as agressões há aproximadamente um ano. A vítima foi submetida a exames que confirmaram a denúncia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/11/2017 19:51 / atualizado em 28/11/2017 21:45

PCGO/Divulgação
 Um homem foi preso nesta terça-feira (28/11) pela Polícia Civil de Goiás (PCGO), acusado de estuprar a própria filha, de 7 anos. De acordo com a polícia, o pai praticava os abusos há um ano. A vítima vivia com o agressor, a mãe e dois irmãos mais novos, todos dividindo o mesmo quarto, em Luziânia. 
 

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Maurício Passerini, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, a menina resolveu contar a situação a uma prima adolescente, depois que o pai tentou penetrá-la pela primeira vez. "Segundo relatos da vítima, o pai praticava os estupros de maneira reiterada, tocando a criança nas partes íntimas", detalhou Passerini.

 Os investigadores contam que, quando o homem tentou penetrá-la pela primeira vez, a menina decidiu contar a situação a parentes, já que sentia muita dor. Uma tia, mãe da prima vítima, escutou a conversa e levou a menina a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Lá foram feitos exames que confirmaram a violência. "Depois disso, procuraram a delegacia", contou. 
 
A denúncia foi feita em 10 de novembro e o suspeito teve a prisão preventiva decretada na última sexta-feira (24/11).  O homem já está sob custódia e aguarda julgamento. Se condenado pelo crime de estupro de vulnerável, pode pegar de 8 a 15 anos de reclusão. O acusado já tem passagem pela polícia pela prática do mesmo crime contra uma enteada.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.