Dono de pesque e pague é preso por fazer captação irregular de água

O dono desviava o recurso de um córrego e foi preso. Na segunda-feira outra operação encontrou um poço ilegal na região

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/11/2017 23:00 / atualizado em 29/11/2017 00:22

PMDF/Divulgação

Policiais Militares do Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) prenderam, nesta terça-feira (28/11), o dono de um pesque e pague em Vicente Pires, acusado de desviar água de um córrego de maneira irregular. 
 
 
Segundo a corporação, uma equipe patrulhava a área quando localizou um desvio que levava até o pesque pague. Ao vistoriar o local, observaram que a água do córrego era levada até dois tanques onde eram criados os peixeis. O proprietário não tinha as licenças ambientais para a captação. Além disso, o bar do estabelecimento também estava sem autorização para funcionar. 
 
Na segunda-feira (27/11) outra operação na região flagrou um poço irregular e bombas que distribuiam água de nascentes próximas na horta de um feirante da região. O homem também foi encaminhado à Delegacia Especial do Meio Ambiente (Dema), mas foi liberado após assinar o termo de ocorrência. Ambos podem responder por crime ambiental. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.