Dezembro terá muita chuva e tempo nublado, aponta previsão do Inmet

Assim como em novembro, Inmet prevê um dezembro com índice pluviométrico igual ou maior do que a média. Tempo nesta sexta-feira se mantém nublado e com chuva

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/12/2017 08:09 / atualizado em 01/12/2017 08:48

Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
Dezembro começa com uma sexta-feira (1º/12) chuvosa e de céu encoberto a nublado. E, segundo previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o tempo se mantém assim durante quase todo o mês. O índice pluviométrico médio nos últimos 31 dias do ano é de 246 milímetros, mas o órgão aposta que possa cair ainda mais chuva no Distrito Federal neste período.


A expectativa do Inmet encontra respaldo no alto volume de chuvas registrado em novembro. O instituto ainda não fechou os dados consolidados, mas estima índice de 334,7 milímetros, mais de 100mm a mais do que os 231mm esperados para o mês.

No total, o Inmet registrou chuva em 22 dos 31 dias de novembro, entre pancadas isoladas e tempestades generalizadas. Quando choveu forte, como no último dia do mês (30/11), os níveis dos reservatórios que abastecem o DF aumentaram. De quarta para quinta-feira, o volume da barragem do Descoberto subiu de 7,2% para 8,2%, a maior alta diária em oito meses.

Esses números trouxeram algum alívio em meio à pior crise hídrica enfrentada na história de Brasília. Porém, os níveis dos reservatórios continuam baixos, o que preocupa as autoridades em relação à próxima estação seca. Na segunda-feira (27/11), um dos dias mais chuvosos do ano, o governador Rodrigo Rollemberg decretou emergência por 180 dias contados desde então. 

Além disso, a ampliação do racionamento para até 48 horas não está descartada. Porém, a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) não tem previsão de quando tal medida pode ser tomada. Confira aqui as regiões sem água nesta sexta-feira


Período de chuvas exige cuidados


Depois de uma estiagem longa e um outubro quente, cuja temperatura bateu recorde, o brasiliense comemora a chegada dos meses mais chuvosos do ano. Ainda assim, alagamentos e acidentes de trânsito mostram como a estação das chuvas requer cuidados.

Para evitar alagamentos, nunca se deve jogar lixo no chão. Quando acumulada, a sujeira entope bueiros e bocas de lobo. Conservar áreas verdes também ajuda a fazer a água penetrar no solo, o que, inclusive, ajuda a chuva a chegar aos mananciais e reservatórios do DF.

No trânsito, o motorista precisa redobrar a atenção. Caso a pista esteja molhada, o Departamento de Trânsito do DF (Detran/DF) recomenda jamais ultrapassar os 60km/h, mesmo em vias mais rápidas. Além disso, deve-se manter distância ainda maior dos carros da frente e evitar áreas alagadas, que podem comprometer o funcionamento do veículo.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.