Envolvido em acidente com morte no Park Way vai se apresentar à polícia

De acordo com a polícia, a suspeita é de que o carro conduzido pelo homem teria batido em outros dois veículos. Ele deixou o local do acidente após a batida

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/12/2017 17:15 / atualizado em 05/12/2017 15:58

CBMDF/ divulgação
A Polícia Civil aguarda a apresentação do motorista suspeito de atingir outros dois carros em acidente de trânsito que deixou uma pessoa morta e outras três feridas no último sábado (2/12), no Park Way. O condutor deixou o local após a colisão, mas foi identificado pela corporação. Segundo o delegado responsável pelo caso, na tarde desta segunda-feira (4/12), a advogada do homem compareceu à 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) para negociar a apresentação dele.

Leia as últimas notícias do Distrito Federal

Márcio Wallace Vieira Santos, 35, dirigia uma Mitsubishi/ASX que colidiu contra contra dois carros, segundo suspeita a polícia. A expectativa é de que ele se apresente ainda nesta segunda à delegacia. Márcio já era procurado pela Polícia Civil, que identificou que ele dirigia o carro da mulher.

"Até então, ele permanece foragido até a sua apresentação na delegacia. O inquérito foi aberto inicialmente como um acidente com vítima fatal. A tipificação será concluída após collhermos os depoimentos das vítimas, de outras testemunhas e também do resultado do laudo perícial", destacou o delegado Raimundo Vanderly Melo, que está à frente das investigações. O prazo para conclusão do inquérito policial é de 30 dias.
 
Em nota, a advogada de Márcio, Kelly Moreira, disse que o motorista lamenta a morte da Arlete Teixeira. Segundo ela, Márcio não estava envolvido em corridas de racha e que ele só saiu do local após saber que o socorro estava a caminho. "Márcio estava saindo do trabalho e não fez consumo de bebida alcoólica, bem como está à disposição da autoridade policial e da Justiça para os esclarecimentos que se fizerem necessários", diz a nota. 

Uma morte e três feridos


Arlete Teixeira Trindade era passageira de um Honda Fit conduzido pelo marido dela, Thiago Pinto da Trindade, 39 anos. Ela teve uma parada cardiorrespiratória e passou por 50 minutos de socorro, mas não resistiu. Thiago foi levado para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). O condutor de um Pálio Cinza, que também foi atigindo pela Mitsubishi dirigida por Márcio, e outra passageira que estava com ele, foram socorridos ao Hospital do Guará.

Após a colisão entre os três veículos, o Mitsubishi capotou e bateu no poste de iluminação, que ficou totalmente danificado, sustentado apenas pela fiação. O acidente ocorreu na EPVP, após a linha do metrô e próximo ao posto policial do Park Way.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.