Aeroporto de Brasília opera por instrumentos por causa do mau tempo

Segundo a Inframerica, equipamentos de bordo e solo foram acionados para melhorar a visibilidade do piloto no momento do pouso

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/12/2017 13:38 / atualizado em 05/12/2017 22:21

Antonio Cunha/CB/D.A Press

Por causa do clima, o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek está operando por instrumentos. Equipamentos de bordo e de solo foram acionados para melhorar a visibilidade do piloto no momento do pouso. Outra medida de segurança adotada para evitar contratempos foi a mudança no sentido das pistas. 
 
 

A Inframerica, responsável pela administração do aeroporto, informou que a "inversão de cabeceira" é feita de acordo com as condições meteorológicas e direção do vento. A companhia acrescentou, ainda, que, até o momento, não foram registrados atrasos ou cancelamento de voos.

 

Dirija com segurança na chuva

Até por volta das 14h30, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil não relataram transtornos por conta das chuvas, como acidentes, quedas de ávores ou alagamentos. No trânsito, o cuidado deve ser redobrado nesta época do ano. Dicas da Secretaria de Segurança Pública apontam para necessidade de o condutor verificar o estado dos pneus e dos limpadores de para-brisa. Acender as lanternas e os faróis baixos para facilitar que seu carro seja visto por outros motoristas, mesmo durante o dia, também é importante. 

Além disso, é fundamental manter uma distância segura do carro da frente e evitar frear de maneira brusca para não travar as rodas e derrapar por falta de aderência. Ao perceber acúmulo de água na pista, diminua a velocidade. Se tiver de passar por um trecho alagado, verifique a altura da água. Até a metade da roda, você tem condições de dirigir. Acima disso, o veículo fica exposto a panes mecânicas. Tenha calma e aguarde o nível da água baixar.

Outros cuidados

Guarda-chuvas e casacos são os companheiros do dia para os brasiliense. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) adverte fortes pancadas no Distrito Federal para esta terça-feira (5/12). Apesar de não haver alertas por parte da Defesa Civil, é preciso se precaver com algumas medidas de segurança para evitar acidentes. 
 
Antes das chuvas, a orientação é providenciar a poda ou corte de árvores próximas a residências, com risco de queda. Para isso, procure a administração regional de sua cidade ou o Corpo de Bombeiros. Não deixe de consertar as falhas do telhado, trocar as telhas quebradas, reforçar a fixação, renovando pinos e madeiras, e isolar a fiação elétrica. Outra dica é não acumular lixo nem entulhos nas ruas, porque os resíduos vão parar nos bueiros, o que causa entupimentos. 

Durante as precipitações, o conselho é não permanecer com objetos metálicos nas mãos e evitar piscinas, rios, lagos e demais áreas com água, além de terrenos descampados. Em casa, o mais indicado é desviar de telefones fixos com fios, distanciar-se de tomadas, e não tocar em equipamentos ligados à rede elétrica.

Evite lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios e pequenas construções não protegidas. Alguns lugares são extremamente perigosos durante uma tempestade. Por isso, não permaneça em áreas abertas, como estacionamento e topo de prédios, nem se aproxime de cercas de arame, varais metálicos, linhas elétricas aéreas e trilhos. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.