Mais de mil presos deixam a Papuda e outros presídios para Saidão de Natal

Os detentos saem nesta sexta-feira (22/12) e devem retornar para as unidades prisionais até às 10h de terça-feira (26/12)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/12/2017 10:11 / atualizado em 22/12/2017 11:43

Ed Alves/CB/D.A Press
 
Mais de mil detentos deixaram unidades prisionais temporariamente no Distrito Federal. No total, 1.057 presos, entre eles 53 mulheres, foram beneficiados pelo Saidão de Natal nesta sexta-feira (22/12). Eles deixaram os presídios por volta de 7h e devem retornar aos até as 10h de terça-feira (26/12). 
 
 
Os detentos que não cumprirem a determinação serão considerados foragidos e podem perder o direito ao regime semiaberto e responder a inquérito disciplinar. Em 2017, ocorreram mais oito Saidões: na Páscoa, no Dia das Mães, em junho, em Julho, no DIa dos Pais, em setembro e em novembro.  
 
Para ser beneficiado pelo Saidão, os presos precisam cumprir pena no regime semiaberto e ter autorização de trabalho externo, saídas temporárias ou que já saíram em datas comemorativas outros anos. O afastamento está previsto pela Portaria m° 6, de 15 de março de 2001.
   
Em 2017, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) determinou dez saídas temporários de presos, com total de 35 dias. Por isso, a Vara de Execuções Penais estabeleceu um calendário de saídas ao longo do ano. Em 2016, o Saidão ocorreu em seis datas.  
 
Com informações da Agência Brasília 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.