Com a festa da virada, trânsito será alterado em vários pontos do DF

Das 7h deste domingo (31/12) às 5h do primeiro dia de 2018, a zona central de Brasília recebe bloqueio da Polícia Militar. Ponte Honestino Guimarães também será fechada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/12/2017 15:03

GDF/Divulgação
 

Em função das festas de Ano Novo, o trânsito será alterado em diversos pontos do Distrito Federal. Das 7h de domingo (31/12) às 5h do primeiro dia de 2018, a zona central recebe bloqueio da Polícia Militar, por conta da programação de festas no local. Durante o período, os veículos não poderão transitar no Eixo Monumental, entre a Catedral Metropolitana e a Rodoviária do Plano Piloto.



Leia as últimas notícias do Distrito Federal

Os motoristas que forem no sentido do Congresso Nacional, em trajeto pelo Eixo Monumental ou Eixão Sul, terão que contornar a parte leste da rodoviária. A partir das 23h45 do dia 31 até a queima dos fogos, as pistas de ligação entre as L2 Sul e Norte também ficarão interditadas. Já no fluxo contrário, pela via N1, é necessário sair pela direita, depois do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Haverá bloqueio, também, na Ponte Honestino Guimarães, entre 23h40 e 0h30. O bloqueio ocorrerá durante a queima de fogos, que acontecerá às margens do Lago Paranoá. A interdição será feita nos dois sentidos, no retorno em frente ao Pontão e na altura da alça de acesso à via L4 Sul. A recomendação é que motoristas usem as vagas nos estacionamentos do Setor de Clubes Sul.  

Fiscalização

O departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) destacou equipes para fiscalizar carros estacionados irregularmente e para coibir o uso de álcool por motoristas. Serão dezesseis agentes, oito viaturas operacionais, guinchos e uma empilhadeira. Homens da Polícia Militar também apoiarão a operação. A corporação vai atuar tanto na Praça dos Orixás, na Prainha, quanto na Esplanada.

O Corpo de Bombeiros também montou um esquema operacional com nove viaturas na Esplanada e 27 agentes. Já na Praça dos Orixás, estarão uma viatura e duas embarcações com oito militares.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.