Publicidade

Estado de Minas

Preso trio suspeito de assaltar loja de telefonia no Setor Comercial Norte

Homens renderam funcionários do local e levaram diversos celulares avaliados em R$ 50 mil


postado em 04/01/2018 18:22 / atualizado em 04/01/2018 19:09

Com auxílio do sistema de localização de um dos celulares roubados, militares chegaram até os bandidos, que estavam em uma casa do Recanto das Emas(foto: PMDF/divulgação)
Com auxílio do sistema de localização de um dos celulares roubados, militares chegaram até os bandidos, que estavam em uma casa do Recanto das Emas (foto: PMDF/divulgação)

Três homens foram presos pela Polícia Militar suspeitos de assaltar uma loja de telefonia, no Setor Comercial Norte, na tarde desta quinta-feira (4/1). De acordo com informações da corporação, o trio rendeu os funcionários do estabelecimento e levou diversos aparelhos. O montante dos produtos é avaliado em cerca de R$ 50 mil. O grupo foi localizado em uma residência, no Recanto das Emas. Um quarto envolvido ainda está foragido. Ainda segundo a PM, um dos assaltantes é foragido do saídão de
Natal. 

Leia as últimas notícias do Distrito Federal

O assalto ocorreu por volta das 13h45 em uma loja do Edifício Varig, no Setor Comercial Norte. Segundo a PM, os homens invadiram a loja e renderam os funcionários com o uso de um revólver. Eles foram direto para o estoque e obrigaram as vítimas a colocar os aparelhos em uma sacola. Um deles estava com uma mochila. Logo em seguida, o grupo fugiu em um carro Volkswagen Voyage, que estava parado em frente ao comércio.

Os assaltantes seguiram em direção ao Gama e depois forma para o Recanto das Emas. Segundo a polícia, o sistema de localização de um dos aparelhos roubados auxiliou na inidcação do paradeiro dos bandidos. Os três homens, a arma usada no assalto, um revólver calibre 38 com seis balas intactas, uma moto roubada e o carro foram localizados em uma casa do conjunto 11 da quadra 809 do Recanto. Os três homens foram levados para a 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade