Publicidade

Estado de Minas

Criminosos assaltam joalheria dentro de shopping de Águas Claras

O assalto aconteceu por volta das 19h30 desta quinta-feira (4/1). No momento da ação, a proprietária e uma funcionária estavam no local e foram rendidas


postado em 04/01/2018 23:12 / atualizado em 04/01/2018 23:36

As imagens do circuito de segurança mostram dois homens entrando no shopping para assaltar a joalheria(foto: Circuito interno/PMDF/ Divulgação)
As imagens do circuito de segurança mostram dois homens entrando no shopping para assaltar a joalheria (foto: Circuito interno/PMDF/ Divulgação)

Quatro homens são procurados suspeitos de assaltarem uma joalheria dentro de um shopping em Águas Claras. O crime aconteceu por volta das 19h30 desta quinta-feira (4/1). Segundo informações da Polícia Militar, dois homens invadiram o estabelecimento e anunciaram o assalto. Outros dois ficaram aguardando em um Fiat Uno e em uma motocicleta Honda Falcon do lado de fora do comércio. Os bandidos levaram seis alianças. O prejuízo estimado pelos donos é de R$ 600.

Leia as últimas notícias do Distrito Federal

O centro comercial fica às margens da Estrada Parque Taguatinga (EPTG). No momento da invasão, apenas a proprietária e uma funcionária estavam na joalheria. Os criminosos, que estavam bem vestidos, já chegaram anunciando o assalto. Eles obrigaram as duas a retirarem as alianças expostas no mostruário. A ação durou menos de dois minutos. 

A loja fica no térreo do estabelecimento. Logo depois disso, os dois criminosos seguiram em fuga em direção à lateral do shopping. Lá estavam outros dois homens e os veículos. 

Imagens


Nas imagens do circuito de segurança do estabelecimento comercial é possível ver os dois homens entrando com calma no shopping. Um deles inclusive disfarça a ação, olhando o celular. Após menos de dois minutos, os dois saem correndo pela mesma porta em que entraram.

A assessoria de imprensa do Shopping DF Plaza informou que o estabelecimento conta com circuito interno de segurança e que as imagens estão disponíveis para as investigações. O centro comercial também informou que prestou apoio à lojista e acionou imediatamente a Polícia Militar, que chegou ao local em menos de cinco minutos. A 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga) investiga o caso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade