Publicidade

Estado de Minas

Desobstrução da orla do Lago Paranoá é concluída, anuncia Agefis

Próximo passo é a execução de concurso para definir uso da área liberada


postado em 08/01/2018 11:33 / atualizado em 08/01/2018 20:58

Toda a orla foi liberada, mas a Agefis ainda está finalizando o balanço completo da obra(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Toda a orla foi liberada, mas a Agefis ainda está finalizando o balanço completo da obra (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
A desobstrução da orla do Lago Paranoá chegou ao fim, informou, nesta segunda-feira (8/1), a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis). O órgão deve divulgar, ainda esta semana, um balanço completo da operação, iniciada em 24 de agosto de 2015 e interrompida diversas vezes, por conta de processos judiciais.
 
 
Segundo os dados já disponíveis, até novembro de 2017, foram feitas ações em 429 lotes — 139 no Lago Norte e 290 no Lago Sul. De acordo com a Agefis, o custo das operações é de responsabilidade daqueles que ocupavam irregularmente as áreas. De acordo com pesquisa de satisfação feita pela própria Agefis, a medida conta com o apoio da maioria da população.
 
Após executar a desobstrução e calcular o valor, a agência envia um boleto ao responsável. Em alguns casos, os próprios moradores obedeceram à notificação e recuaram suas cercas, não havendo a necessidade de cobrança.
 
Ver galeria . 10 Fotos Ed Alves/CB/D.A Press
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press )
 

Urbanização do espaço

 
O próximo passo, a partir de agora, é definir as atrações a serem instaladas no local. Já estão abertas as inscrições para o concurso do Masterplan da Orla do Lago Paranoá, projeto para a apresentação de propostas destinadas à ocupação do espaço. Podem participar iniciativas que atuam com a elaboração de projetos arquitetônicos, urbanísticos e paisagísticos. 

Interessadas em participar devem acessar o site do concurso e realizar a inscrição gratuitamente até 23 de fevereiro. O julgamento ocorrerá entre 17 e 20 de abril, e o resultado será anunciado no dia 21, no aniversário de Brasília.

Segundo informações da Secretaria de Estado de Gestão do Território e Habitação, os participantes deverão apresentar uma ideia geral para a orla e para a utilização do espelho d’ água. O vencedor do concurso desenvolverá, além da sugestão principal, mais três propostas para três áreas indicadas no edital, duas no Lago Sul e uma no Lago Norte.
 
* Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade