Publicidade

Estado de Minas

Mulher é esfaqueada por ex-companheiro em festa no Recanto das Emas

Na 27ª DP, o acusado alegou ter cometido o ataque por ciúmes. Ele também ficou ferido com golpes de faca depois que moradores se voltaram contra o agressor


postado em 14/01/2018 12:39 / atualizado em 14/01/2018 17:05

O agressor também foi ferido com golpes de faca por testemunhas que presenciaram a agressão(foto: Divulgação)
O agressor também foi ferido com golpes de faca por testemunhas que presenciaram a agressão (foto: Divulgação)
Uma mulher foi esfaqueada pelo ex-marido durante uma festa na quadra 404 do Recanto das Emas, por volta das 19h30 de sábado (13/1). Conforme informações da Polícia Militar do Distrito Federal, o crime teria sido motivado por ciúmes. Josiane Sodré Monteiro, 37 anos, deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região administrativa em estado grave, com perfurações de faca no pescoço, ombro e cabeça. Ela foi levada ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT), onde seguia em observação até a última atualização desta reportagem. A 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas) investiga o caso.
 
A filha da vítima informou à PM que Joel Vicente da Silva, ex-companheiro de Josiane, seria o autor do crime. O suspeito foi localizado na quadra 203 da cidade. Ele também estava ferido, com cortes nas costas e no peito. Joel acusou o atual marido de Josiane de feri-lo, mas a versão não foi confirmada. No local, testemunhas informaram que foram os moradores da quadra que o agrediram após o ataque dele contra a ex. O ex-marido da vítima foi levado para o HRT, onde levou 45 pontos.
 
“Ao que tudo indica, quando ele esfaqueou a Josiane, alguém veio por trás e o apunhalou também. Mas várias pessoas disseram que populares revoltados fizeram isso, mas ninguém soube identificar os participantes”, disse o sargento Sérgio Nogueira, do 28º Batalhão de Polícia Militar, que acompanhou a ocorrência. 

Na 27ª DP, o acusado disse ter desferido as facadas por ciúmes. Ele contou que enquanto tentava falar com Josiane, ela teria lhe virado as costas. A vítima namora um novo rapaz há um mês. Segundo informações da PM, Josiane já possuía uma medida protetiva contra o agressor.

Joel foi autuado em flagrante e o crime é tratado como tentativa de homicídio. As facas usadas não foram localizadas. Até a publicação desta reportagem, ninguém na 27ª DP havia comentado o caso. A Divisão de Comunicação da Polícia Civil (Divicom) apenas informou que não repassaria detalhes da ocorrência por se tratar de um crime enquadrado na Lei Maria da Penha.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade